Nuvem de fumaça provocada por reação química assusta funcionários da Siderúrgica do Pecém

Ninguém ficou ferido na ocorrência, segundo a companhia

Explosão no Pecém
Legenda: As imagens foram compartilhadas nas redes sociais e chamaram atenção pela densidade e concentração de fumaça elevados
Foto: Reprodução

Uma grande nuvem de fumaça provocada por reação química assustou funcionários da Siderúrgica do Pecém, em São Gonçalo do Amarante (Grande Fortaleza), na tarde desta terça-feira (10). Segundo a empresa, ninguém ficou ferido.

O Diário do Nordeste apurou, no entanto, que houve trabalhadores com “ferimentos leves”.

Segundo nota da Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP), o fato ocorreu na planta do alto-forno, causado por uma reação à presença de água em um dos reservatórios, "gerando um forte ruído, acompanhado de fumaça alta e escura".

As imagens foram compartilhadas nas redes sociais e chamaram atenção pela densidade e concentração de fumaça.

Em nova nota enviada já nesta noite, a empresa reafirmou que não houve feridos e informou que o Centro Integrado de Emergência (CIE) da CSP foi acionado de imediato, "encaminhando bombeiros e ambulâncias ao local, procedimento padrão dos protocolos de segurança da empresa"

Assista ao vídeo:

Causas estão sendo apuradas

A CSP disse ainda que a ocorrência já foi controlada e as causas do incidente estão sendo apuradas. "A CSP reforça que a segurança dos seus empregados, terceirizados e comunidade são seu principal valor", disse em nota. 

O Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Ceará (CBMCE) comunicou que não chegou a ser acionado, mas ao entrar em contato com a companhia obteve a informação de que a situação estava controlada.

 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre segurança