Jovem presa por latrocínio de turista alemão tinha sido solta um mês antes, em audiência de custódia

A suspeita de participar da morte do turista de 68 anos de idade já tinha antecedentes criminais por roubos e furtos, cometidos na companhia de familiares dela

Escrito por Emanoela Campelo de Melo, emanoela.campelo@svm.com.br

Segurança
delegacia caucaia
Legenda: A Polícia Civil do Ceará passou a investigar o assassinato e chegou ao nome da mulher.
Foto: Divulgação/PCCE

Uma das suspeitas de participar do latrocínio de um turista alemão, em uma praia do litoral cearense, estava solta há pouco mais de um mês. Regilene Filomeno dos Santos, de 19 anos, foi presa em março deste ano pelos crimes de roubo e furto. Em audiência de custódia a Justiça decidiu soltá-la e aplicar medidas cautelares, como monitoramento por tornozeleira eletrônica.

Já em liberdade, Regilene voltou a cometer um crime. No dia 27 de abril, Peter Buchelt foi encontrado morto dentro da própria residência, na Praia da Tabuba, em Caucaia. O corpo da vítima estava despido e com mãos e pernas amarrados.

A Polícia Civil do Ceará passou a investigar o assassinato e chegou ao nome da mulher. Na última segunda-feira (9), agentes cumpriram mandado de prisão preventiva contra a suspeita. Ela foi indiciada por latrocínio (roubo seguido de morte), organização criminosa e corrupção de menores.

CRIME ANTERIOR

Regilene tinha sido presa anteriormente devido a uma série de roubos e furtos na Avenida Leste Oeste. No dia 20 de março de 2022 ela passou por audiência de custódia. O Ministério Público do Ceará (MPCE) foi a favor da homologação do flagrante e a concessão de liberdade provisória com medida cautelar diversa da prisão.

A defesa da mulher chegou a pedir que sequer fosse aplicado monitoramento eletrônico. Na decisão, o juiz decidiu soltar a suspeita, determinando que fosse aplicada nela tornozeleira eletrônica e proibição de se ausentar da Comarca de Fortaleza por prazo superior a oito dias.

Não há informações oficiais se no momento da prisão a suspeita estava utilizando a tornozeleira


MORTE DO TURISTA

Além de Regilene, três adolescentes foram capturados sob suspeita de estarem envolvidos na morte do turista. O trio foi apreendido nessa sexta-feira (13). 

"Conforme as apurações policiais, a vítima teria marcado um encontro amoroso com Regilene e uma adolescente, quando os outros dois suspeitos, junto com as mulheres, entraram no imóvel e cometeram o crime. Com as capturas, todos os envolvidos já se encontram à disposição da Justiça", divulgou a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS)

Ainda de acordo com a Pasta, após a identificação formal da vítima e a conclusão do laudo da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce), o corpo foi entregue aos cuidados de familiares, que o levaram para o país de origem dele.