Jovem de 18 anos é morta a tiros em casa, em Ubajara; companheiro é suspeito de integrar facção

O companheiro conseguiu fugir, mas foi preso em seguida devido a mandado de prisão em aberto pelos crimes de homicídio e organização criminosa

Escrito por Redação,

Segurança
Selfie da jovem sorrindo
Legenda: A jovem tinha um relacionamento com um suspeito de envolvimento com organização criminosa
Foto: Reprodução

A companheira de suposto integrante de uma organização criminosa, Tamylles Oliveira da Silva, de 18 anos, foi morta a tiros após ter a casa invadida por homens armados, na manhã desta segunda-feira (27), no Sítio Carpina, zona rural de Ubajara, no Interior do Ceará. 



Segundo a Polícia Civil do Ceará (PC-CE), o companheiro dela conseguiu fugir, mas foi preso em seguida devido a mandado de prisão em aberto pelos crimes de homicídio e organização criminosa.
 
Conforme apuração policial, os suspeitos estavam à procura do casal. Segundo a Polícia, o homem tinha envolvimento com facção rival dos suspeitos de matar a jovem. 

As caso segue em investigação.

 
Denúncias

 
A população pode contribuir com as investigações repassando informações que auxiliem os trabalhos policiais. As informações podem ser direcionadas para o (88) 3671-9328, o número da Delegacia Regional de Tianguá.
 
As denúncias podem ser encaminhadas ainda para o número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ou para o (85) 3101-0181, que é o número de WhatsApp. O sigilo e o anonimato são garantidos.
 

Telegram

Antes de ir, que tal se atualizar com as notícias mais importantes do dia? Acesse o Telegram do DN e acompanhe o que está acontecendo no Brasil e no mundo com apenas um clique: https://t.me/diario_do_nordeste