Homicídios passam de 100 durante motim de PMs

Entregador de supermercado é morto a tiros em Caucaia em à casa dos pais

Legenda: Entregador de supermercado foi morto em frente da casa do pai em Caucaia
Foto: Rafaela Duarte

O Ceará registrou 122 homicídios de 0h da quarta-feira (19) até 23h59min do sábado (22), durante o motim dos policiais militares. Os dados são da Secretaria da Segurança Pública (SSPDS).  Uma equipe de reportagem do Sistema Verdes Mares constatou quatro homicídios apenas na noite deste sábado e início da madrugada de domingo, entre eles, a morte a tiros de um entregador em Caucaia e de um homem na Praça da Gentilândia. 

O entregador trabalhava para um supermercado assassinado a tiros, na noite deste sábado, em frente à casa do pai, na Rua da Palha, bairro Açude, em Caucaia, na Grande Fortaleza. De acordo com testemunhas, o entregador, de aproximadamente 24 anos, foi morto quando estava na calçada da residência. Ainda conforme moradores, o rapaz não era usuário de drogas e trabalhava como entregador de um supermercado na cidade. 

> Com 37 homicídios, sexta-feira foi o dia mais violento dos últimos 8 anos 

A polícia descobriu que suspeitos dentro de um carro não identificados estacionaram e informaram que era um assalto. Em seguida, já efetuaram vários disparos contra a vítima e fugiram sem levar nenhum objeto. Familiares acreditam que eles já chegaram para matar o rapaz. O pai do jovem é comerciante na região e falou que o filho era uma pessoa calma, sem antecedentes criminais e não recebia ameaças.

Residência invadida 

Ainda em Caucaia, um outro homicídio foi registrado no sábado. Segundo testemunhas, dois suspeitos de moto invadiram uma residência no Planalto Caucaia e efetuaram vários disparos contra a vítima identificada como Francisco William Caetano Costa, de aproximadamente 48 anos.  

Ainda conforme moradores, ele não tinha antecedentes criminais, trabalhava com vendas de produtos naturais e morava sozinho com a mãe que é uma idosa. Não há informações se a mulher estava no imóvel quando a ação criminosa aconteceu.

Legenda: Homicídio na Praça da Gentilândia
Foto: Rafaela Duarte

Morto quando tentava assaltar 

Já em Fortaleza, um homem foi baleado e morto a tiros, neste sábado, durante uma tentativa de assalto na Rua Coronel Manoel Albano, no bairro Maraponga. 

De acordo com a Polícia Civil, o homem realizava assaltos na região com um adolescente. Ainda segundo a polícia, quando o suspeito e o adolescente praticavam mais um assalto contra um morador do bairro, um homem não identificado reagiu e efetuou vários tiros contra a dupla.   

O assaltante não resistiu aos ferimentos e morreu na rua. Já o adolescente foi apreendido e encaminhado para a Delegacia da Criança e Adolescente (DCA).  Com a dupla, a polícia apreendeu uma arma e uma moto utilizada nos assaltos. O homem que reagiu quando viu o assalto prestou depoimento aos policiais civis no local e, em seguida, liberado. O nome dele não foi divulgado. 

Execução na praça da Gentilândia 

Na Praça da Gentilândia, no bairro Benfica, um homem foi executado a tiros na madrugada deste domingo. De acordo com a Guarda Municipal, eles receberam a ocorrência através do Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops).  

De acordo com a polícia, a vítima sem identificação, foi abordada por homens que já chegaram atirando. Não há informações sobre os criminosos. Ninguém da família apareceu na praça.  De acordo com a polícia, ninguém mais foi atingido além da vítima fatal. 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre segurança