Governo acionará policiais de folga que quiserem atuar para conter casos de violência no CE

Medida faz parte de novo pacote de segurança anunciado após ataques armados nos últimos dias e que será detalhado nesta segunda (24)

Escrito por Redação ,
Legenda: Operações têm como foco coibir Crimes Violentos Letais e Intencionais (CVLI)
Foto: Divulgação/SSPDS

Policiais militares de folga poderão escolher se trabalharão em operações de combate ao crime no Ceará, após uma série de crimes violentos registrados no Estado, nos últimos dias. A medida faz parte de um novo pacote de segurança que deve ser anunciado pelo governador Elmano de Freitas, nesta segunda-feira (24).

A medida representa um incremento de 20% no número de profissionais - na prática, cerca de 1.300 a mais nas operações. Segundo informações obtidas pelo Diário do Nordeste, o Governo fará um aumento do aporte financeiro destinado às operações policiais. Deste modo, agentes de segurança que estariam de folga poderão atuar nas mobilizações.

Os detalhes dessa medida, assim como outras iniciativas e os valores que estão sendo discutidos neste domingo pelo Governo do Estado, serão anunciados na segunda-feira (24) pelo governador Elmano de Freitas.

Como o acionamento não é obrigatório, o policial tem a opção de escolher se vai atuar. Essa iniciativa ocorre também por ser uma demanda da própria categoria escolher atuar em dia de folga.

Resposta aos crimes

Desde a manhã deste domingo (23), o governador está reunido com a Cúpula da Segurança Pública cearense para definir ações de respostas aos crimes violentos no Estado. Na última quinta (20), uma chacina que vitimou 8 pessoas foi registrada em Viçosa do Ceará; no dia seguinte, um tiroteio no Barroso, em Fortaleza, deixou duas pessoas mortas e oito baleadas.

Em pronunciamento nas redes sociais, o petista avisou que vai garantir reforço financeiro para fortalecer as ações no Estado e que houve um "recuo importante" nos casos de violência, nas últimas horas.

Segundo a assessoria de comunicação do Governo, Fortaleza não registrou nenhum caso de homicídio, entre as 20h de sábado e as 5h de domingo.

Até o momento, não foi divulgado o valor do incremento de recursos para a área. 

 

 

Os destaques das últimas 24h resumidos em até 8 minutos de leitura.
Assuntos Relacionados