Fortaleza tem mais sócios-torcedores em bairros nobres da Capital; veja levantamento

Tricolor possui mais de 13 mil sócios no momento

Legenda: Fortaleza tinha ótima média de público na Série A antes da pandemia
Foto: Foto: Thiago Gadelha / SVM

O programa de sócio-torcedor é, indiscutivelmente, uma das principais fontes de receita de qualquer clube de futebol na atualidade. No Fortaleza, não é diferente. O Tricolor conta atualmente com 13.270 sócios que contribuem mensalmente para o fluxo de caixa da equipe. O que é novidade foi a informação divulgada pelo clube nesta quinta-feira (2), nas redes sociais.

O Fortaleza mapeou e anunciou quais são os bairros da capital cearense que possuem mais torcedores associados. Informação interna e considerada estratégica, que até então era mantida sob sigilo. 

Bairros com mais sócios (top 10)

  • Meireles - 585 sócios
  • Aldeota - 410 sócios
  • Cocó - 254 sócios
  • Fátima - 217 sócios
  • Passaré - 289 sócios
  • Messejana - 185 sócios
  • Mondubim - 174 sócios
  • Centro - 170 sócios
  • Dionísio Torres - 165 sócios
  • Joaquim Távora - 146 sócios

Porém, a divulgação faz parte do "Sócio Fortaleza em Números", definida pelo clube como "uma maneira mais transparente de conhecer o programa".

O bairro Meireles é o líder o ranking, com 505 sócios, seguido de Aldeota (410) e Cocó (254). Os três bairros, que totalizam 1169 (quase 10% do total), ficam em região considerada nobre de Fortaleza. Fátima (217) e Passaré (209) fecham o top-5.

O número de sócios do Fortaleza foi diretamente impactado pela pandemia, assim como em vários clubes, tendo em vista que não há mais acesso de torcedores aos estádios. Vale lembrar ainda que muitos associados são torcedores que sequer moram na capital cearense, mas contribuem mensalmente para ajudar o time do coração.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte