Rebeca Andrade vibra com medalha de prata e elogia Simone Biles: "fiquei orgulhosa dela"

A atleta brasileira conquistou o primeiro pódio do Brasil na ginástica feminina em Olimpíadas

Rebeca Andrade em ação pela ginástica feminina
Legenda: Rebeca Andrade teve grande atuação na final geral individual da ginástica feminina
Foto: Martin Bureau / AFP

A brasileira Rebeca Andrade conquistou a medalha de prata no individual geral da ginástica feminina nas Olimpíadas de Tóquio nesta quinta-feira (29), o primeiro pódio da história do Brasil na categoria. Em entrevists para a Rede Globo, a atleta agradeceu as demais mulheres do esporte e a família.

"Essa medalha não é só minha, é de todo mundo. Todos sabem da minha trajetória e, se eu não tivesse cada pessoa dessa, isso não teria acontecido. Eu tenho total consciência disso, com Deus sempre me protegendo e capacitando para eu brilhar hoje. Sou muito grata", afirmou.

A brasileira também comentou sobre a norte-americana Simone Biles, ginasta líder do ranking mundial que desistiu das provas para tratar da saúde mental. Rebeca reforçou a importância da decisão da favorita à medalha dos Estados Unidos.

Simone Biles com semblante de preocupação
Legenda: A ginasta norte-americana Simone Biles era considerada a principal atleta dos Jogos de Tóquio e não participou de algumas finais da modalidade
Foto: Loic Venance / AFP

"O fato dela ter saído não foi negativo. As pessoas tem que entender que o atleta não é um robô, é um humano, então a decisão foi a coisa mais sábia que ela poderia ter feito por ela porque não se brinca com a cabeça”, analisou. “Ela tem que entrar para se divertir, não pensar que tinha de ganhar porque ia acontecer algo. Eu fiquei orgulhosa dela por essa atitude”, completou.

Chance de medalha

A ginasta Rebeca Andrade, primeira medalhista da história do Brasil na modalidade, tem mais duas finais para disputar nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Além do individual feminino, a atleta está na decisão do salto e do solo.

Os medalhistas da prova do salto serão conhecidos no próximo domingo (1º), às 5h (de Brasília), enquanto a decisão do solo será na segunda (2), às 5h (de Brasília). A brasileira é uma das favoritas nas duas categorias.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte