PSG avisa que não conta com Neymar e quer emprestá-lo pagando salários; Brasileiro está 'humilhado'

A cinco meses para Copa do Catar, destino do atacante brasileiro é incerto

Neymar pede silêncio pelo Paris Saint-Germain (PSG)
Legenda: Neymar é alvo de diversas críticas por parte da torcida do Paris Saint-Germain (PSG)
Foto: divulgação / PSG

Uma das principais notícias nos principais sites europeus dá conta que o Paris Saint-Germain (PSG), finalmente, desistiu do atacante brasileiro Neymar.

O jornal espanhol El País publicou em primeira mão matéria assinada pelo jornalista Diego Torres, com informação de fontes próximas ao presidente do clube parisiense, Nasser Al-Khelaifi, que a comunicação já foi realizada para o pai de Neymar.

A intenção do clube é estabelecer nova ordem esportiva, antes com eixo no craque brasileiro. Agora, após a renovação de Mbappé, o francês é o novo líder do time. Parte do acordo para o fechamento do negócio foi o afastamento de Neymar.

Com um contrato astronômico até 2025, os donos do PSG já sabem que não venderão Neymar e estão dispostos a emprestar o jogador para um novo clube, inclusive pagando parte dos salários.

Notícia não é bem recebida

De acordo com a publicação, Neymar não recebeu bem a notícia, se sentiu 'humilhado' e quer provar aos donos do PSG que ainda tem valor. O sonho do atleta ainda é retornar para o Barcelona. E estaria disposto a dar 'volta por cima' e ganhar a Bola de Ouro em um outro clube europeu.

A cinco meses para a Copa do Mundo, segundo fontes do PSG, Neymar está longe da forma ideal e teria atuado nas últimas duas temporadas acima do peso ideal. Ainda segundo a matéria, o jogador não gosta de treinar, apesar de ser dedicado dentro de campo.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte

Assuntos Relacionados