Projeto esportivo lança serviço para moradores e frequentadores do Cumbuco

Ação do Winds for Future implantou um Hub de inovação ecosocial

pessoas reunidadas
Legenda: O W4F apresentou o importante equipamento do Hub Cumbuco, prédio que irá congregar a partir de sábado (26) atividades criativas, culturais, esportivas e educacionais
Foto: Fábio Filho/SVM

Após receber mais de duas mil pessoas em sua primeira edição, em 2019, o Winds For Future (W4F) resolveu ampliar sua ligação com os moradores e os visitantes da Praia do Cumbuco, em Caucaia. No ano passado, o evento entrou para a história kitesurf quando 596 kitesurfistas velejaram juntos e bateram o recorde mundial. Os participantes percorreram 1,638 km para quebrar a marca anterior, realizada na Inglaterra, que era de 423 pessoas ao mesmo tempo na modalidade. 

Para este ano, a ideia do Winds for Future Festival é instalar um equipamento que irá congregar a partir de sábado (26) atividades criativas, culturais, esportivas, educacionais. A proposta é que o HubCumbuco opere até o mês de dezembro em tempo integral e ofereça serviços para moradores e frequentadores do Cumbuco, tais como oficinas, cursos e momentos de sensibilização sobre a importância de se praticar uma agenda sustentável. Além disso, no local haverá um Coworking para apoiar nômades digitais.

“O  Hub Cumbuco será um espaço dinâmico voltado para o fortalecimento da articulação comunitária em torno da inovação e tecnologia para um futuro sustentável", destacou André Faria, sócio da Elephant Coworking e que será responsável pela operação do Hub de Inovação.

A expectativa é que criativos de outros lugares do Brasil e do mundo que vem para o Cumbuco para praticar kitesurf possam compartilhar suas experiências e visão de mundo e, desta forma, impulsionar a criação de um ambiente fértil para a inovação e insights criativos.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte