Presidente do Fortaleza explica situações de Alan Franco e Germán Cano para 2022

O departamento de futebol tricolor trabalha na montagem do elenco para o próximo ano

Montagem com fotos de Alan Franco e German Cano
Legenda: O meia equatoriano Alan Franco e o atacante argentino German Cano estão no radar do Fortaleza
Foto: divulgação / Atlético-MG e divulgação / Vasco

A diretoria do Fortaleza trabalha em busca de reforços para a temporada de 2022 e mapeia nomes no mercado. Nos últimos dias, nomes surgiram em pauta na imprensa como o meia equatoriano Alan Franco, do Atlético-MG, e o atacante argentino Germán Cano, do Vasco. Ao Diário do Nordeste, o presidente tricolor Marcelo Paz explicou a situação dos atletas para o próximo ano.

"O Alan Franco vai para um time da MLS, pagando um valor alto por empréstimo ao Atlético-MG. E o Cano, (a contratação dele) esbarra em situação financeira. O Fortaleza não vai fazer loucura", garantiu.

Os jogadores tinham o aval do técnico argentino Juan Pablo Vojvoda e estavam no radar do departamento de futebol. Com 23 anos, Franco tem contrato com o Galo até 2024 e não tinha espaço no atual campeão brasileiro, o que viabiliza um empréstimo.

No caso de Cano, o vínculo no Vasco terminou, ficando livre no mercado. Na mira de times como Goiás e Fluminense, o pedido salarial foi de R$ 600 mil mensais aos demais times, um valor que supera as pretensões do Fortaleza.

Reforço no Fortaleza

O primeiro reforço oficialmente anunciado foi o equatoriano Anthony Landázuri, ex-Independiente del Valle-EQU. O jogador de 24 anos assinou até o fim de 2023 e atua como zagueiro e lateral direito.

No momento, a gestão trabalha em busca de novas contratações e tem interesse no atacante Gilberto, do Bahia. Há expectativa de que um goleiro também seja contratado para a temporada de 2022.

 
Quero receber conteúdos exclusivos de esporte