Fortaleza mira Alan Franco e mapeia nomes com experiência em torneios internacionais

Segundo veículos do Equador, o clube busca o empréstimo do meia que pertence ao Atlético-MG

Alan Franco sorri durante partida do Atlético-MG
Legenda: O meia Alan Franco assinou com o Atlético-MG por quatro temporadas em 2020
Foto: divulgação / Atlético-MG

Fortaleza Esporte Clube intensificou os trabalhos de montagem do elenco com foco na temporada de 2022. Com vaga internacional garantida, brigando por participação na Libertadores, o time mapeou novos atletas, firmou pré-contratos e se movimenta nos bastidores de olho no mercado.

Após firmar pré-contrato com o lateral equatoriano Anthony Landázuri, do Independiente Del Valle, a imprensa do Equador destacou o interesse no meia Alan Franco, que pertence ao Atlético-MG. Segundo o portal “Futbol Ecuador”, a oferta é de empréstimo por uma temporada e tem acordo encaminhado.

Em 2021, o jogador de 23 anos participou de 21 partidas, entre o Galo e a seleção equatoriana. Na carreira, se firmou como destaque no Independiente Del Valle, sendo negociado com o futebol brasileiro por R$ 12,8 milhões, em contrato até 2024.

Internamente, no entanto, a gestão mantém o cenário de reforços em sigilo. O foco é manter a concentração do elenco na reta final do Brasileirão para firmar vaga na fase de grupos da Liberta.

Experiência internacional

 

No mercado, o Diário do Nordeste apurou que os possíveis alvos do Fortaleza devem apresentar experiência em torneios internacionais e adaptação ao esquema adotado pelo técnico Vojvoda (3-5-2). A vivência nessas competições é ponto importante para a comissão técnica reforçar o plantel.

Juan Pablo Vojvoda bate palma à beira do gramado
Legenda: O técnico Juan Pablo Vojvoda renovou com o Fortaleza
Foto: Thiago Gadelha / SVM

Nos casos de Franco e Landázuri, por exemplo, ambos exercem funções específicas e adaptáveis ao estilo de jogo tricolor, além de bagagem em eventos da Conmebol e de seleções sul-americanas. Para 2022, até o momento, o Leão possui três estrangeiros garantidos: o zagueiro colombiano Quintero (cedido ao Juventude), e os atacantes Depietri, da Argentina, e Henríquez, do Chile.