Lucas Crispim é reintegrado ao Fortaleza após reconhecer erro e vira opção no Clássico-Rei

O meia se reuniu com a comissão técnina na última quarta-feira (22)

Lucas Crispim comemora gol pelo Fortaleza
Legenda: Lucas Crispim tem contrato com o Fortaleza até o fim de 2023
Foto: Fabiane de Paula / SVM

O meia Lucas Crispim foi reintegrado ao elenco do Fortaleza. Após uma punição disciplinar, que o afastou do elenco por tempo indeterminado, o atleta participou de reunião com a comissão técnica, na última segunda-feira (20), e voltou para o grupo, sendo uma opção ao treinador Vojvoda para o Clássico-Rei desta quarta (22), pela Copa do Brasil.

O jogador, que está no grupo desde 2021, foi punido pela conduta extracampo, ao organizar uma festa na última sexta-feira (17) após a derrota para o Avaí, quando o time estava na lanterna do Brasileirão. Na conversa, o atleta se mostrou interessado em permancer no clube e reconheceu que o momento não era adequado para esse tipo de evento.

A partida contra o Ceará é válida pelas oitavas de final da competição. O jogo será às 20h, na Arena Castelão.

Importância no elenco

Na avaliação interna da diretoria tricolor, Lucas Crispim é considerado importante para o Fortaleza. O jogador tem um histórico positivo de atuações, era titular da equipe e apresenta características de jogo importantes para Vojvoda.

Na formação tática 3-5-2, é uma das peças que atua como ala esquerda, junto de Juninho Capixaba. Na equipe, o contrato foi inclusive renovado até o fim de 2023. Assim, a avaliação é de que o atleta pode ser importante, se tiver compromisso e foco dentro de campo.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte