Guia da Série A: Ceará tem chance de recuperar temporada e consolidar ascensão no cenário nacional

Vozão estreia contra o Grêmio, neste domingo (30), às 16 horas, em casa, em jogo transmitido pela TV Verdes Mares, Verdinha 810 e Tempo Real do Diário do Nordeste

Elenco do Ceará comemora gol na Arena Castelão
Legenda: Charles, Lima e Bruno Pacheco fizeram parte da boa campanha do Ceará na última Série A
Foto: Thiago Gadelha / SVM

Chegou o momento do principal objetivo do Ceará na temporada. A Série A do Campeonato Brasileiro, que começa neste domingo (30), às 16 horas, contra o Grêmio - em jogo que será  transmitido pela TV Verdes Vares, Verdinha 810 e Tempo Real do Diário do Nordeste - inegavelmente é a disputa mais importante do Alvinegro em 2021. E o Vovô encara o torneio também como missão de recuperar o desempenho na temporada atual e também uma grande oportunidade de consolidar ainda mais a ascensão do clube no cenário nacional.

Os resultados, até aqui, não foram os esperados pelos alvinegros, já que o time perdeu a Copa do Nordeste para o Bahia, o Campeonato Cearense para o rival Fortaleza e foi recentemente eliminado da Copa Sul-Americana na fase de grupos, sendo que liderou a competição inteira e perdeu a primeira colocação justamente na última rodada.

As campanhas foram boas nas três competições, mas a equipe pecou nos momentos mais decisivos. Justamente quando não podia errar. E isso traz um peso e responsabilidade maior ao técnico Guto Ferreira e seus comandados, que precisam dar uma resposta no Brasileirão.

Ascensão

Vina é um dos principais destaques do Ceará na temporada 2020
Legenda: Vina foi o grande destaque do Ceará na temporada 2020, mas precisa render mais em 2021
Foto: Camila Lima/SVM

Na última temporada, o Ceará terminou a Série A na 11ª colocação, com 52 pontos. Foi a melhor campanha do clube na história dos pontos corridos. O desempenho foi tão bom que o Vovô ficou apenas dois pontos atrás do Santos, 8º colocado e que foi para a Pré-Libertadores.

Portanto, o objetivo do Alvinegro é claro: o pensamento não é de lutar contra o rebaixamento, mas sim, brigar por algo a mais. A diretoria fez investimentos altos no elenco, que é robusto e conta com peças qualificadas, para que o time possa brigar novamente por vaga na Copa Sul-Americana ou, quem sabe, chegar a flertar novamente com a Libertadores, que ficou tão próxima na última temporada.

Tudo isso faz parte do processo de ascensão e consolidação do Ceará na elite do futebol brasileiro. Este é o 4º ano seguido que o Alvinegro disputa a principal competição do País e, ano após ano, o clube tem conseguido evoluir em estrutura, planejamento, elenco e demais setores para se fixar entre os principais clubes do Brasil.

Desafio de Guto

Guto Ferreira no comando do Ceará
Legenda: Guto Ferreira tem contrato com o Ceará até o fim da temporada de 2021
Foto: Thiago Gadelha / SVM

O Ceará versão 2020 obteve ótimos resultados com uma maneira muito clara de jogar. Organização defensiva, ocupação de espaços, compactação, forte marcação e contra-ataques com transições em velocidade, chegando ao gol adversário com poucos toques na bola. Deu certo no Brasileirão, inclusive.

Porém, o técnico Guto Ferreira tem o desafio de, além de aprimorar este estilo de jogo, tornar a equipe mais criativa, com capacidade de envolver e agredir mais os adversários com posse de bola, organização ofensiva e ataques posicionais para furar a defesa de oponentes que joguem mais retrancados. Esta tem sido uma dificuldade.

Elenco precisa responder

Elenco do Ceará em abraço coletivo durante aquecimento
Legenda: Elenco do Ceará pode e deve render mais
Foto: Thiago Gadelha / SVM

Para que isto possa melhorar, o elenco precisa corresponder. O Ceará possui um grupo de jogadores bem montado, com qualidade e quantidade, mas com algumas peças importantes que, até agora, não renderam o esperado. É o caso de Yony González, Felipe Vizeu, Speed Mendoza (que começou muito bem e depois teve uma queda de produção), Cléber, Jorginho e o próprio Vina, que é o cara do time, mas foi apagado em jogos importantes.

É preciso que os atletas assumam a responsabilidade que é deles e possam executar, dentro de campo, o que são capazes de render.

Conseguindo este 'casamento' e com uma boa campanha na Série A 2021, o Ceará tem tudo para se consolidar ainda mais no cenário nacional e terminar a temporada com melhores lembranças que o torcedor teve no primeiro semestre.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte