Fortaleza vence Juventude e conquista classificação inédita para Libertadores

Leão venceu o time gaúcho por 1 a 0 no Castelão lotado e faz história com classificação para a Libertadores de 2022

Legenda: Depietri marcou o gol que sacramentou a ida do Fortaleza para Libertadores
Foto: KID JUNIOR

O Fortaleza está garantido na Taça Libertadores de 2022. O Tricolor de Aço venceu o Juventude por 1 a 0 no Castelão cheio pela 36ª rodada da Série A do Brasileiro e fez história na noite desta sexta-feira (3) ao se classificar para a competição sul-americana, e a disputará pela 1ª vez em 2022

O gol da vitória do Leão foi marcado por Depiétri, aos 36 minutos do 2º tempo, fazendo explodir os 45.398 torcedores que lotaram o Castelão. Uma festa gigantesca.

>Veja o gol 'libertador' de Depietri por vários ângulos

Veja vídeo da comemoração da torcida tricolor

Com a importante vitória, o Tricolor de Aço chegou aos 55 pontos e assumiu a 5ª colocação. A equipe tricolor está garantida pelo menos na Fase Preliminar da Libertadores, buscando agora, nas duas rodadas finais, a vaga direta, que vai até o 6º colocado da Série A.

Na 37ª rodada, o Fortaleza enfrenta o Cuiabá, na segunda-feira (6), às 20 horas, na Arena Cuiabá.

O jogo

Desde o início de partida, as propostas de Fortaleza e Juventude eram opostas e bem claras. Com o Tricolor de Aço com a bola, sempre no campo de ataque, enquanto o time gaúcho, muito sólido defensivamente, apostava em sua principal característica para sair em contra-ataques e surpreender. 

Foto: KID JUNIOR

E o Leão foi perigoso logo nos primeiros minutos, com Ederson exigindo grande defesa de Douglas.

No rebote do lance, David cabeceou, a bola tocou na mão do defensor do Juventude e os jogadores leoninos pediram pênalti. O árbitro foi ao VAR, mas marcou falta em Vitor Mendes.

Veja o gol do jogo

O Leão manteve a pressão pelo menos até os 15 minutos, mas os espaços eram raros e quando a chance apareceu, Robson errou feio a finalização.

Só depois dos 30 minutos o time do Juventude saiu um pouco mais, porém, sem levar perigo ao gol de Marcelo Boeck.

E com um adversário tão bem fechado, o Fortaleza não criou mais até o fim do 1º tempo.

Jogadores do Fortaleza comemoram gol contra o Juventude
Legenda: Fortaleza superou a temporada de 2019 e conquistou melhor pontuação da história do futebol cearense na Série A
Foto: Kid Júnior

Vaga inédita

A etapa final começou com o Juventude saindo mais para o jogo e cedendo mais espaços para o Fortaleza.

Em uma dessas escapadas tricolores, Pikachu achou Robson, que finalizou para grande defesa de Douglas Friedrich.

O jogo ficou mais aberto e o time jaconero respondeu com grande chance, com Marcelo Boeck defendendo cabeçada de Sorriso, aos 20 minutos.

Já com um time muito ofensivo com Osvaldo, Romarinho, Wellington Paulista, Lucas Lima e Depiétri, o Leão foi todo ao ataque em busca da vitória que o daria uma vaga na Libertadores.

O Tricolor até tomou um susto aos 32 minutos, com cabeçada na trave de Vitor Mendes, mas no ataque seguinte o gol tricolor saiu.

Vojvoda comemora classificação para Libertadores junto a atletas
Legenda: Vojvoda comemora classificação para Libertadores junto a atletas
Foto: Kid Júnior

Aos 36 minutos, o goleiro Douglas cobrou muito mal tiro de meta, complicando o zagueiro Vitor Mendes, que não dominou e Depiétri, esperto, ficou com a bola, avançou e bateu para marcar o gol do Leão.

A partir daí, o Juventude foi para o desespero, já que a derrota o manteria com chances de queda para a Série B, mas nas poucas investidas na jogada aérea, a defesa leonina esteve segura.

E a torcida tricolor, que fez uma linda festa no Castelão, esperou o apito final aos 51 minutos para explodir nas arquibancadas e comemorar o feito histórico do clube ao conquistar uma vaga na Libertadores de 2022.

FICHA TÉCNICA

FORTALEZA 1 X 0 JUVENTUDE

  • Local: Arena Castelão, em Fortaleza (CE)
  • Data: 03 de dezembro de 2021, sexta-feira
  • Horário: 21 horas (de Brasília)
  • Árbitro: Bruno Arleu de Araújo (RJ-Fifa)
  • Assistentes: Rodrigo Figueiredo Henrique de Correa (RJ-Fifa) e Daniel do Espírito Santo Parro (RJ)
  • VAR: Carlos Eduardo Nunes Braga (RJ)
  • Cartões amarelos: Lucas Crispim e Robson (Fortaleza)
  • GOLS: Depietri, aos 36 minutos do 2ºT (Fortaleza)
  • FORTALEZA: Marcelo Boeck; Tinga, Titi e Matheus Jussa; Yago Pikachu, Éderson, Felipe (Lucas Lima), Matheus Vargas (Romarinho) e Lucas Crispim (Osvaldo); David (Depietri) e Robson (Wellington Paulista)
  • Técnico: Juan Pablo Vojvoda
  • JUVENTUDE: Douglas Friedrich; Michel Macedo, Vitor Mendes, Rafael Forster e William Matheus; Jadson (Capixaba), Dawhan, Guilherme Castilho (Bruninho) e Wescley (Chico); Sorriso e Ricardo Bueno
  • Técnico: Emerson Ávila
Quero receber conteúdos exclusivos de esporte