Ceará lança nota explicando situação jurídica de Lucas Ribeiro

Clube diz que não há nenhum registro de processo judicial na esfera cível ou criminal sobre o atleta, acusado de vazar vídeo íntimo de uma menor de idade

Legenda: Lucas Ribeiro vem emprestado ao Ceará pelo Internacional
Foto: Ricardo Duarte / Internacional

O Ceará divulgou nota oficial assinada pela diretoria do clube explicando a contratação e a situação judicial do zagueiro Lucas Ribeiro, anunciado nesta terça-feira (18).

A contratação dele gerou uma repercussão negativa e críticas por parte da torcida alvinegra, pelo jogador ser acusado de vazar um vídeo íntimo envolvendo uma menor de 14 anos.  As imagens teriam sido vazadas em 2018, quando ele, aos 19 anos, ainda estava no Vitória-BA e um acordo judicial entre as partidas foi feito depois disso.

O episódio foi um dos motivos para que o Sâo Paulo desistisse da negociação com o Inter após campanha da torcida tricolor nas redes sociais.

Confira a nota do Ceará

"O Ceará Sporting Club vem a público informar que, através do seu Departamento Jurídico, realizou todas as diligências e consultas necessárias para avaliar a situação do atleta Lucas Ribeiro na esfera judicial, sendo parte das etapas de registro de atletas.

Acerca do atleta Lucas Ribeiro, conforme certidões judiciais obtidas, informamos que o mesmo não possui nenhum processo criminal, tendo havido apenas um único processo cível, em segredo de justiça, mas que foi extinto por acordo firmado entre atleta e parte autora.

Portanto, não há registro de qualquer processo judicial na esfera cível ou criminal que impeça a sua contratação.

O Ceará Sporting Club respeita o direito à presunção de inocência e o devido processo legal, bem como a autonomia da vontade das partes em celebrar acordo judicial para pôr fim a conflitos do passado.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte