Ceará e Fortaleza abrem disputas pelo título do Cearense 2020

Leão do Pici tem vantagem de dois resultados equivalentes para ser campeão. Do outro lado, o Vovô precisará entrar em campo para buscar a vitória já nesta primeira partida da decisão e jogar pelo empate na partida de volta

Legenda: Ceará e Fortaleza se enfrentam pela quinta vez em 2020
Foto: Foto: Thiago Gadelha

O primeiro Clássico-Rei da decisão do Estadual ocorre hoje, às 21h30, na Arena Castelão. Pelo regulamento, o Leão tem vantagem de dois resultados equivalentes para ficar com o título. Expectativa de força máxima em campo.

A data tardia tem sinalização na pandemia de Covid-19. Após registro dos primeiros casos do novo coronavírus no Estado, houve suspensão das atividades esportivas. Logo que, dentro do processo de flexibilização, os jogos de futebol foram liberados, o Campeonato Cearense seguiu a partir do restante das rodadas da 2ª fase, mas com portões fechados, de acordo com as normas sanitárias.

Ouça o CearáCast

Powered by RedCircle

Ouça o FortalezaCast

Powered by RedCircle

Na sequência das etapas eliminatórias, ocorreu escolha das datas das semifinais e; posteriormente, a marcação da decisão, já com Ceará e Fortaleza classificados. O fato dos times participarem da Série A do Brasileiro, da Copa do Nordeste e também da Copa do Brasil fez a decisão do Estadual ser realocada: a segunda final será em 21 de outubro.

>Sistema Verdes Mares faz cobertura especial no Clássico-Rei; programe-se

Titular x Reserva

Apesar da maratona de exibições imposta pelo calendário apertado, o Campeonato Cearense segue como prioridade para as respectivas diretorias. A dúvida em si reside na escolha da melhor formação tática para colocar em campo.

O Fortaleza, por exemplo, apostará em formação máxima na briga por mais um título. O reflexo da escolha está no próprio técnico Rogério Ceni, que reforçou a importância de ser campeão, no que seria o 4º título à frente da equipe tricolor: além da Copa do Nordeste, Série B e Campeonato Cearense de 2019. "Temos que viver jogo por jogo. Ser campeão estadual ainda é um fator importante. Não podemos abrir mão. Mas o calendário vai pesando. Estamos no limite, o cansaço da viagem. Vamos escalar o que temos de melhor para a final contra o Ceará", declarou Ceni.

Legenda: Vovô venceu o Fortaleza pela Copa do Nordeste
Foto: Felipe Santos/ Ceará

A conjuntura é igual no plantel alvinegro. Mesmo com o desgaste promovido pela sequência de jogos, incluindo o bicampeonato invicto do Nordestão, com Guto Ferreira, a expectativa é de manutenção das principais peças para brigar pela retomada da taça local. "Temos que virar a chave logo. Dois grandes jogos contra nosso rival. Queremos muito o título cearense. (São) 180 minutos que vamos lutar ao máximo, com espírito de vencer. Vamos para o 1º jogo querendo tirar essa pequena vantagem deles dos empates", disse o volante Charles.

Desfalques certos

Os trabalhos de Rogério Ceni e Guto Ferreira têm estágios distintos devido à longevidade de cada. A semelhança, no entanto, reside no aspecto da identidade: Fortaleza e Ceará possuem modelos táticos bem executados, consolidados e respeitando as características dos treinadores.

A chegada na finalíssima do Estadual, no entanto, ocorre com indefinições nos elencos principais. O Vovô, no padrão do 4-2-3-1, não terá o volante William Oliveira, que se recupera de cirurgia no joelho. Na posição, Fabinho foi liberado e retomou os treinos, mas é dúvida. O mesmo ocorre com o zagueiro Klaus, autorizado para atividades na academia.

Legenda: Pelo Campeonato Cearense, deu Fortaleza na volta após paralisação da pandemia
Foto: Pedro Chaves

A dupla de ataque alvinegra recém-chegada após a 2ª fase do Estadual também está fora da final. Isso porque Cléber (ex-Barbalha) e Vitor Jacaré (ex-Caucaia) participaram do torneio por outro clube.

No Tricolor, a comissão técnica tem indefinições quanto a dois atletas titulares. O primeiro é o volante Felipe, que deixou o campo contra o Santos após sentir uma pancada na coxa direita. Já Quintero, ausência nos últimos jogos, segue tratando adutor e não está confirmado. Dos últimos reforços apresentados, o Leão conta com os atacantes Tiago Orobó e Fragapane, além do volante Ronald. Já o Ceará pode utilizar o volante Pedro Naressi, mas tem a baixa do atacante Saulo Mineiro, que passará por procedimento para correção de distúrbio de condução elétrica cardíaca.

Vantagem e retrospecto

O Fortaleza inicia a decisão com vantagem devido à melhor classificação geral. Pelo regulamento, o time pode obter dois placares equivalentes que fica com a taça ao término do 2º jogo. Logo, caso conquiste dois empates ou vença uma partida e seja derrotado pelo mesmo placar, é campeão.

O Ceará, para levantar o troféu, precisa vencer um dos jogos e empatar o outro. Ou perder o 2º jogo por um saldo menor do que o da sua vitória.

Ficha técnica:

Campeonato Cearense - 1ª final
Arena Castelão, em Fortaleza (CE)
30 de novembro - às 21h30

Ceará: Fernando Prass, Samuel Xavier, Luiz Otávio, Tiago Pagnussat, Bruno Pacheco; Charles, Ricardinho, Leandro Carvalho, Fernando Sobral, Vina e Rafael Sóbis

Fortaleza: Felipe Alves, Gabriel Dias, Paulão, Jackson, Bruno Melo; Felipe, Juninho, Osvaldo, David, Romarinho e Wellington Paulista

Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Transmissão: TV Verdes Mares, TV Diário, Rádio Verdes Mares (ao vivo) / Diário do Nordeste (em tempo real)

 

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte