Filho de empresária diz que agressões de advogado eram frequentes

A reportagem apurou que o advogado Aldemir Pessoa Júnior agredia a empresária Jamile de Oliveira Correia com frequência, e na frente do filho dela. Dias depois, ela morreu com um tiro no peito