Desembargador teria extorquido servidoras ao menos 96 vezes

Carlos Rodrigues Feitosa foi condenado a três anos, dez meses e 20 dias de reclusão, em regime inicialmente semiaberto, em sentença do Superior Tribunal de Justiça (STJ), que teve como relator o ministro Herman Benjamin