PT entra com representação na PGR contra liberação de emendas por apoio à reforma

A representação pede que se investigue o presidente Jair Bolsonaro e os ministros da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, e da Economia, Paulo Guedes