Lei é promulgada e prevê penas mais duras para fake news em eleições

Ele é parte da lei sancionada em junho, que tipifica como crime a conduta de denunciação caluniosa com finalidade eleitoral