Bolsonaro nomeia almirante, enfraquece ala ideológica e reforça núcleo militar no Planalto

Desde o início do governo, Bolsonaro foi desaconselhado por generais, como Augusto Heleno, chefe do Gabinete de Segurança Institucional, a nomear o antigo assessor especial para assuntos internacionais, Filipe Martins, para o posto