Alvo de Bolsonaro, ato indígena deve reunir cinco mil em Brasília

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) chamou a reunião anual de um "encontrão" e disse que será o contribuinte quem pagará as despesas com transporte e hospedagem dos índios