Após queixas de governadores, decreto das armas é alterado

Governo Bolsonaro mudou pontos do decreto que flexibiliza o porte e a posse de armas, em vigor desde o dia 8