Microfranquias: O que você precisa saber para escolher antes de investir

Conhecer outros franqueados pode evitar problemas futuros; saiba o que cabe no seu bolso

Legenda: Especialista afirma que é importante escolher um segmento no qual o empresário se identifique.
Foto: FOTO: FABIANE DE PAULA

O caminho do empreendedorismo pode levar a diversos tipos de negócios, entre eles as franquias, que são unidades de uma única marca. Para pequenos empresários há ainda a possibilidade de aderir a uma microfranquia, mas alguns cuidados são necessários.

A grande diferença entre franquias e microfranquias é o valor do investimento, que no caso das menores tem como teto R$ 90 mil, o que pode ser atrativo para quem está pensando em iniciar um negócio.

É o que explica José Rubens, coordenador da comissão de microfranquias da ABF (Associação Brasileira de Franchising):

"O termo microfranquias é uma classificação que a ABF criou para negócios com investimentos até R$ 90 mil, mas eles são regidos pela mesma lei das outras franquias"

Para tentar garantir a sustentabilidade da empresa, ter atenção em alguns pontos. Por isso, o Diário do Nordeste, conversou com o especialista da ABF e elencou algumas dicas:

Escolher um segmento com que se identifique 

"Não é porque você gosta de pizza que vai abrir uma pizzaria, não é porque você gosta de perfumes que vai abrir uma perfumaria. Tem que tentar entender o que o segmento demand", afirma Rubens. 

Perfil profissional 

O profissional precisa conhecer qual é o perfil de trabalho em que melhor se encaixa, se é mais varejista ou se mais próximo da prestação de serviços, por exemplo.

Capital de investimento

O retorno do investimento inicial, de manutenção e capital de giro não é automático, por isso é importante "preparar o terreno". 

Conhecer a lei 

Conhecer, mesmo que basicamente, a lei de franquias pode evitar futuros problemas para o franquado, já que as microfranquias também são regidas pela mesma lei.

Circular de ofertas de franquias (COF)

Este documento possui pontos cruciais: dados detalhados do negócio (inclusive custos de manutenção); minuta do contrato; balanço financeiro da empresa; listagem dos franqueados e ex- franqueados.

Conversa com franqueados 

É importante saber como está sendo a experiência de outras pessoas que decidiram apostar na marca e os gargalos que encontraram no caminho.

Ouça o podcast Vem Empreender: 

Powered by RedCircle

Quero receber conteúdos exclusivos do Vem Empreender