Policiais militares que contiveram suspeito de matar PRFs serão avaliados para promoção por bravura

PMs detiveram o andarilho e recuperaram as duas armas roubadas dos policiais

Escrito por Redação,

Segurança
Viatura da PM
Legenda: PMs estavam passando pelo local e conseguiram conter o homem que matou os PRFs na BR-116
Foto: Arnaldo Araújo/SVM

A Polícia Militar do Ceará avalia se dois policiais militares que contiveram o homem que matou os dois PRFs na BR-116 serão promovidos por bravura ou se serão agraciados com a Medalha Tiradentes. A nomeação dos agentes de segurança foi publicada nesta quarta-feira (18) na Comissão de Meritoriedade da Corporação. 

Segundo a PM, o 3º sargento Diego Pedrosa Costa, lotado no Comando de Policiamento de Choque (CPChoque), e o cabo Francisco Raimundo de Sousa da Silva, do Batalhão de Policiamento de Trânsito Urbano e Rodoviário Estadual (BPRE), passavam pela BR-116 no momento do ocorrido e conseguiram conter o homem. 

Os policiais se depararam com o andarilho com as duas armas roubadas das vítimas. Os policiais atiraram e detiveram o homem, identificado como Antônio Wagner Quirino da Silva, de 31 anos. As armas dos PRFs Márcio Hélio Almeida de Souza, de 52 anos, e Raimundo Bonifácio do Nascimento Filho, de 43 anos, também foram recuperadas.

A publicação da nomeação da comissão já foi publicada no Boletim do Comando-Geral da PMCE. A corporação irá avaliar o ato "não comum de coragem e audácia, que, ultrapassando os limites normais do cumprimento do dever, represente feito de notório mérito ação inerente à missão institucional da corporação militar em serviço ou de folga".

A Medalha Bravura Tiradentes é concedida aos policiais militares que atuam com heroísmo nas práticas da carreira. A comenda vem acompanhada de um diploma, cuja concessão é feita após apreciação do mérito, realizada pela comissão de promoção e medalhas ou outras autoridades. Após ser submetida a proposta à aprovação do comando, a medalha é entregue em ato solene aos agentes.

Velório dos PRFs 

Os policiais rodoviários serão sepultados nesta quinta-feira. O velório das vítimas ocorreu na Superintendência da PRF no Ceará e contou com homenagens de familiares e colegas de profissão.

Sede da Superintendência da PRF-CE durante velório dos PRFs mortos na BR-116
Legenda: Sede da Superintendência da PRF-CE durante velório dos PRFs mortos na BR-116
Foto: Fabiane de Paula

O homem que matou os dois policiais foi identificado pela Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) como Antônio Wagner Quirino da Silva.

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ele tinha 31 anos e não possui antecedentes criminais. O inspetor Darlan Antares, chefe da 3ª delegacia da PRF, informou trabalhava como pedreiro na cidade de Aratuba, mas estava vivendo nas ruas desde o ano passado.