Motorista de app reage a assalto e é arrastado em veículo na Barra do Ceará

Carro da vítima, comprado há 20 dias, foi levado pelos criminosos, que chegaram a dar marcha à ré e bater em um mesa e um carro que estavam na calçada

Escrito por Isayane Sampaio ,

Segurança
Legenda: Motorista de app ficou ferido após ser arrastado por carro durante assalto em Fortaleza.
Foto: Arquivo pessoal

Um motorista de aplicativo foi arrastado pelo próprio veículo após reagir a um assalto e lutar contra assaltantes na Rua Peri, na Barra do Ceará. O caso aconteceu na tarde do sábado (12), e foi registrado por câmeras de segurança. O veículo da vítima, comprado há 20 dias, foi levado pelos criminosos.  

Em entrevista ao Sistema Verdes Mares, o motorista relatou que aceitou a corrida em um shopping na avenida Bezerra de Menezes e que seguia a rota do aplicativo. Quando o veículo trafegava pela Barra do Ceará, os suspeitos anunciaram o assalto. O motorista também relata que um dos assaltantes estava armado e que foi ameaçado de morte. 

Em um vídeo, é possível ver o veículo trafegando pela Rua Peri, e o motorista de aplicativo sendo arrastado por alguns metros. Quando o veículo chega à esquina da rua, os assaltantes voltam em marcha à ré e atingem um carro que estava estacionado, além de quebrar uma mesa. Em seguida, eles fogem em alta velocidade e populares correm para socorrer o motorista.

A vítima relatou, ainda, que os suspeitos fugiram com o carro, mas que o veículo foi abandonado e encontrado no domingo (13) em Iparana, Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). 

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informou, em nota, que a Polícia Civil investiga o roubo. O caso foi noticiado por meio de um Boletim de Ocorrência registrado pela vítima. A Polícia Civil faz buscas para capturar os autores do crime. 

Motoristas vítimas de criminosos

No último domingo, um motorista foi assassinado quando conduzia um carro com um passageiro, que era o alvo dos bandidos e também foi morto. A morte de mais um motorista de aplicativo na RMF aconteceu apenas oito dias após o óbito de Hilker Araújo, que teve 95% do corpo queimado durante um assalto e tentativa de homicídio em Caucaia. 

Em agosto, o motorista Alexandre Fernandes, de 32 anos, despareceu também na RMF. O corpo dele foi encontrado na BR-116 entre Aquiraz Itaitinga dois dias depois do desaparecimento.

Jaris Rodrigues, 52 anos, foi mais um um profissional assassinado em uma tentativa de assalto, segundo a Associação dos Motoristas de Aplicativo do Ceará (AMP). Ele foi encontrado também nas imediações da BR-116, porém no bairro Cajazeiras, em Fortaleza.