Dupla envolvida em esquema interestadual de cédulas falsas é presa pela Polícia Federal em Fortaleza

Os suspeitos anunciavam o dinheiro pela internet e o repassavam via postal ou transporte rodoviário

polícia federal desarticula esquema de cédulas falsas no Ceará
Legenda: Os mandados de prisão preventiva, busca e apreensão foram cumpridos por 20 agentes federais
Foto: Divulgação/PF

Dois homens de 26 e 32 anos suspeitos de envolvimento em um esquema interestadual de distribuição de cédulas falsas foram capturados de forma preventiva na manhã desta sexta-feira (21), em Fortaleza. A Polícia Federal cumpriu o mandado de prisão cautelar expedido pela 12ª Vara Federal. 

As investigações da conduta da dupla (identidade preservada) iniciaram ainda no mês de agosto de 2020. Segundo nota da PF, há "fortes indícios" de que os suspeitos atuem como "importantes distribuidores" de cédulas falsas dentro e fora do Ceará. 

O dinheiro falso era divulgado e negociado via internet. A distribuição do ilícito, por sua vez, ocorria por encomendas postais e transporte rodoviário. O crime teria gerado uma "movimentação milionária". 

Atuação

Um dos suspeitos chegou a ser detido em janeiro último pela mesma prática delituosa. Além das investigações em curso no Ceará, outros estados também apuram crimes envolvendo o nome dos dois presos.

Durante a operação para desarticular o esquema de cédulas falsas na Capital, a Polícia Federal cumpriu outros três mandados de busca e apreensão. Com a dupla, foram apreendidos celulares, computadores e "outros materiais".

Os indiciados serão autuados pelo crime de moeda falsa, cuja penalidade prevista no artigo do 289 do Código Penal Brasileiro é de três a 12 de anos de reclusão. 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre segurança