Em Fortaleza, ex-ministro da Previdência critica proposta de reforma

Carlos Gabas participou nesta segunda-feira (11), na Capital, de uma audiência pública sobre a proposta do Governo Federal. Também compareceram o deputado federal Paulo Pimenta (PT-RS) e outras autoridades

Legenda: Carlos Gabas participou de audiência pública na Assembleia Legislativa
Foto: Foto: Kid Júnior

O ex-ministro da Previdência Social, Carlos Eduardo Gabas, esteve em Fortaleza nesta segunda-feira (11) para uma audiênia pública, e criticou a proposta de reforma da Previdência defendida pelo Governo Federal. Para Gabas, o modelo "desmonta um sistema de proteção social".

A audiência, solicitada pelo deputado estadual Moisés Braz (PT), aconteceu no auditório Murilo Aguiar, na Assembleia Legislativa, e contou com a participação de outros parlamentares da sigla, como o líder do PT na Câmara, deputado Paulo Pimenta (RS), e entidades da sociedade civil. Carlos Gabas foi ministro da Previdência no Governo Lula (PT).

"Nenhum Governo deve ou pode mudar as regras da Previdência sem debate com a sociedade. O conteúdo é muito ruim também para toda a sociedade, desmonta um sistema de proteção social, que país nenhum do mundo abre mão. Qualquer país civilizado procura manter e aperfeiçoar um sistema de proteção social que combate a desigualdade social. O Brasil deveria fazer muito mais que os demais países porque a desigualdade aqui é muito maior", afirmou Gabas.

Segundo Carlos Gabas, a ideia do Governo, de utilizar a capitalização individual, "não protegeu em lugar nenhum do mundo. Não protegeu no Chile. Mesmo sendo misto, não protege. Sabemos que o dinheiro acaba e as pessoas ficam a bel prazer dos ventos, da sua família, na sociedade onde ele vive. Ficam ao relento".

Quero receber conteúdos exclusivos sobre política