Com licenças de titulares, bancada federal cearense tem terceira troca em 2021

Na coligação do PDT, aliada ao Governo do Estado, o último a assumir foi Totonho Lopes

fotografia
Legenda: Totonho é o terceiro suplente da coligação do PDT a assumir o mandato
Foto: Agência Câmara

Com acordos políticos para dar lugar a suplentes, a bancada federal cearense já soma três mudanças de cadeiras neste ano. A troca mais recente ocorreu com a licença de Robério Monteiro (PDT). O terceiro suplente de coligação pedetista, Totonho Lopes (PDT), assumiu a vaga para exercer pela primeira vez um mandato na Câmara dos Deputados.

Natural de Ubajara e com atuação na Região da Ibiapaba, Totonho Lopes obteve 67.763 votos válidos no pleito de 2018 em sua primeira eleição disputada, conforme dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Robério Monteiro se afastou do mandato para assumir o cargo de Assessor para Assuntos Federativos no Governo do Estado.

Na posse do suplente, algumas alianças políticas ficaram evidentes, com a presença da deputada estadual Augusta Brito e de seu esposo, Gadyel Gonçalves (PCdoB), que também é ex-prefeito de São Benedito, do atual gestor da cidade, Saul Maciel (PDT), e do atual prefeito de Ubajara, Renê Vasconcelos (PDT).

Um dia após tomar posse, no último dia 5 de maio, Totonho Lopes visitou ministérios em Brasília. Empresário, ele declarou mais de R$ 1 milhão em bens à Justiça Eleitoral no pleito de 2018.

Troca de cadeiras

Em abril último, o deputado federal Denis Bezerra (PSB) saiu de licença por 120 dias para dar lugar ao colega de partido Odorico Monteiro (PSB) , que assumiu a vaga. Monteiro recebeu 77.308 votos na urna e era o segundo suplente da coligação.

Com a licença de Mauro Filho (PDT) para voltar a chefia da Secretaria de Planejamento e Gestão do Estado (Seplag) no início do ano, Aníbal Gomes também assumiu como suplente a titularidade do mandato de deputado federal em 6 de janeiro.

Em 24 de fevereiro afastou-se do cargo porque Mauro Filho reassumiu a cadeira, voltando a tirar licença novamente no dia 3 de março deste ano. Desde então, Aníbal Gomes voltou ao cargo.

Além dessas trocas temporárias, em dezembro de 2020, com a renúncia de Roberto Pessoa (PSDB) para assumir a Prefeitura de Maracanaú, Danilo Forte (PSDB) foi efetivado no cargo de deputado federal.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre política


Motos em São Paulo em protesto a favor de Bolsonaro
Estadão Conteúdo e Renato Galf e Victoria Azevedo/ Folhapress 12 de Junho de 2021