A expansão da Educação Integral em Alagoas

Os resultados são significativos e estão em sintonia com as necessidades dos jovens, mas para efetivar essa transformação é fundamental criar mecanismos que promovam acesso e diminuam a evasão

Escrito por Rafael Brito ,
Deputado Federal, presidente da Frente Parlamentar de Educação e Ex-Secretário de Educação de Alagoas
Legenda: Deputado Federal, presidente da Frente Parlamentar de Educação e Ex-Secretário de Educação de Alagoas

O Censo Escolar de 2023 mostrou que somente em Alagoas mais de 25 mil matrículas são de escolas integrais, representando 26% da rede estadual. O Estado implementou o Programa Alagoano de Ensino Integral (PALEI) em 2015, sendo o quarto no ranking nacional de escolas públicas com ensino integral. A adesão também é alta, com cerca de 98% dos municípios cadastrados, a segunda maior do país. 

Dados do Ideb de 2021 mostram que 29,1% das escolas estaduais de Ensino Médio em Alagoas ofereciam ensino integral e que seus resultados de aprendizagem foram superiores:  a nota no Ideb das escolas integrais foi de 4.1 (0.4 pontos superior ao das unidades regulares). Mais uma evidência da potência do modelo pedagógico. 

No currículo da educação integral, componentes como disciplinas eletivas, projetos integradores e acompanhamento personalizado fortalecem a aprendizagem. Com jornadas de estudo de 7 a 9 horas diárias, há uma consolidação dos conteúdos da BNCC, promovendo o desenvolvimento de habilidades em diversas práticas educativas. Uma pesquisa de Stanford revelou, inclusive, que ex-alunos do ensino integral têm 63% de chance de ingressar no ensino superior, 17% a mais que os egressos de escolas regulares. 

Os resultados são significativos e estão em sintonia com as necessidades dos jovens, mas para efetivar essa transformação é fundamental criar mecanismos que promovam acesso e diminuam a evasão. Iniciativas como o Cartão Escola 10, desenvolvido em 2021 na minha gestão na Secretaria de Educação de Alagoas, e o programa Pé de Meia, do Governo Federal, têm sido fundamentais para assegurar a permanência estudantil. 

Para proporcionar uma educação de qualidade e que prepare os jovens para suas trajetórias pessoais e profissionais, é essencial investir no ensino integral e em iniciativas que garantam seu acesso e a permanência nas escolas. Este é o maior investimento que a sociedade do presente pode fazer nesse momento para a sociedade do futuro e que, com certeza, mudará a realidade da nossa educação. 

Médico Sanitarista e Gestor em Saúde
Álvaro Madeira Neto
18 de Junho de 2024
Francisco Duarte é CEO da Legal Place Brasil
Francisco Duarte
16 de Junho de 2024
Médico especialista em reprodução humana
Marcelo Cavalcante
15 de Junho de 2024