Primeiro-ministro do Líbano anuncia renúncia do governo

Desde o último fim de semana a população da capital do Líbano vem protestando nas ruas contra o governo; no domingo (9), a ministra da Informação do país, Manal Abdel Samad, também renunciou o cargo

fotografia do primeiro-ministro do Líbano
Legenda: Hassan Diab anunciou renúncia ao cargo de primeiro-ministro nesta segunda-feira (10).
Foto: AFP

O primeiro-ministro libanês, Hassan Diab, anunciou nesta segunda-feira a renúncia de seu governo, após o "terremoto" causado pelas explosões mortais no porto de Beirute.

O chefe do governo, que se apresenta como independente, responsabilizou a classe política tradicional por seus fracassos, criticando a "corrupção" que levou a "este terremoto que atingiu o país".

"Hoje, estou anunciando a renúncia deste governo", disse ele em um discurso televisionado dirigido aos libaneses. Hassan afirmou que irá dar "um passo para trás para poder estar com o povo e lutar por mudanças justas com as pessoas".

Ao fim do discurso, o primeiro-ministro repetiu a frase "que Deus proteja o Líbano". 

Desde o fim de semana, moradores de Beirute vem se manifestando contra o governo nas ruas. No último domingo (9), a ministra da Informação do país, Manal Abdel Samad, também anunciou sua renúncia ao cargo.

Você tem interesse em receber mais conteúdo internacional?

Assuntos Relacionados