Estátua da Pequena Sereia é vandalizada na Dinamarca

Monumento em homenagem à personagem de Hans Christian Andersen é pichado em Copenhague

Legenda: Uma das atrações turísticas mais visitadas da capital dinamarquesa, a Pequena Sereia amanheceu vandalizada em CopenhagueA
Foto: AFP

Famosa atração turística de Copenhague, capital da Dinamarca, a estátua da Pequena Sereia, de 107 anos  e 1,65 m de altura,  foi vandalizada com a pichação "peixe racista" na pedra que sustenta o monumento de bronze. A Polícia informou que investiga o incidente. Nas últimas semanas, diversos monumentos pelo mundo, principalmente nos EUA, viraram alvos de ataques de manifestantes por suas ligações com o período da escravidão e do colonialismo.

A Dinamarca é famosa pelos contos do escritor Hans Christian Andersen (1805-1875), que enfrentou questões sobre racismo e colonialismo com o texto de sua primeira peça de sucesso, "Mulatten" ("O Mulato"), de 1840.

Pesquisadora da obra de Christian Andersen, Ane Grum-Schwensen disse à agência dinamarquesa de notícias Ritzau que está tendo dificuldades de descobrir o que é racista no conto de fadas "A Pequena Sereia", história de uma figura  mitológica que se apaixona por um príncipe e se torna humana.

Legenda: Polícia trata o caso como vandalismo e procura quem pichou o monumento
Foto: AFP

Atualmente, na Dinamarca, a exemplo de outros países da Europa, há um acalorado debate público sobre racismo estrutural e a remoção de estátuas de figuras históricas que não se engajaram na luta abolicionista ou foram donos de escravos. Ativistas reclamam que as autoridades, na Dinamarca, são incapazes de reconhecer a motivação racista em crimes cometidos por brancos contra negros.   

Legenda: "Stickers" (adesivos, em inglês) foram colocados nos seios da estátua; foi a mulher do escultor Edvard Eriksen, Eline, que serviu de modelo para a composição da obra
Foto: AFP

Um dos maiores símbolos da capital dinamarquesa, a escultura de bronze de uma das personagens principais de Hans Christian Andersen, a Pequena Sereia, fica na alameda Langelinie, na entrada de Nyhavn (antigo porto da cidade, com aquelas casinhas coloridas típicas de cartão-postal, de onde partem os passeios de barco).

Legenda: A estátua da Pequena Sereia pesa 175 quilos e recebe milhares de visitantes em Copenhague
Foto: AFP

Obra do artista plástico Edvard Eriksen, a estátua já foi atacada em janeiro com a frase pichada "Free Hong Kong", em referência às manifestações pró-democracia na ex-colônia britânica, que luta contra a redução de sua autonomia pelo governo central da China.