Saiba as mudanças sugeridas por Ceará e Fortaleza para o VAR

A CBF deve atender algumas propostas dos times da Série A do Brasileiro no 2º turno

Legenda: A utilização do VAR causou polêmica no início do Brasileirão
Foto: Foto: reprodução

A abertura do 2º turno da Série A do Brasileiro deve ser marcada por mudanças quanto ao uso do árbitro de vídeo (VAR) nas partidas. Sem mencionar os erros de arbitragem listados nas 20 rodadas iniciais, a CBF se comprometeu a avaliar e atender as solicitações dos clubes em busca de aprimorar o uso da tecnologia em campo. Ao Estadão Conteúdo, os representantes cearenses informaram as principais sugestões para o equipamento: 

Ceará:

  • Transparência na divulgação dos vídeos e áudios para que possa saber o que foi conversado.
  • Houvesse em cada tempo uma ou duas solicitações ou do treinador ou do capitão da equipe. 
  • Árbitro de campo e de VAR participem de coletivas após os jogos.

Fortaleza:

  • Divulgação dos critérios para o uso do VAR
  • Maior transparência nos protocolos de checagem

Vale ressaltar que os dois clubes foram favoráveis ao VAR quando consultados pela CBF. No início do mês, o chefe de arbitragem nacional, Leonardo Gaciba, visitou as sedes de Vovô e Leão para explicar a funcionalidade do árbitro de vídeo, além de mostrar erros e acertos da entidade nos jogos. Em conjunto, as diretorias cearenses haviam viajado para o Rio de Janeiro, onde apresentaram um dossiê alegando terem sido prejudicadas na competição.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte