Rally RN1500 termina com dia de alternância de posições, quebras e novos campeões

Nos UTV’s, George Ximenes teve que lidar com a explosão da tampa do seu coletor, improvisou e conseguiu terminar a prova mas em 10º lugar na geral

Legenda: Riamburgo Ximenes fez 3º no dia e terminou em 8º. Com os resultados gerais e a alternância de posições, Leonardo Beleza/ Aníbal Feijó, mesmo com o 15º tempo do dia, ganharam posições e fecharam em 5º na geral
Foto: Claudiney Sandro

O RN1500 cumpriu sua promessa de testar seus competidores até os últimos quilômetros da sua última especial. Foram 219km cumpridos no trecho Mossoró x Assú x Porto do Mangue x Areia Branca, finalizando 986 quilômetros de percurso na Paraíba e no Rio Grande do Norte, sendo 764,4 quilômetros de trechos cronometrados.

Na categoria UTV, onde estão concentrados os competidores cearenses, o dia foi de alternância de posições que pouco afetaram os líderes, mas ajudaram a mudar o resultado geral do terceiro lugar em diante. A começar pela quebra de George Ximenes, que com seu navegador Wellington Rezende, tomou um susto quando a tampa do coletor do seu UTV explodiu logo após o km 100 da especial.  A dupla parou, improvisou um concerto, conseguiu voltar a andar mas já era impossível ser competitivo.

“Diante dessa situação tudo o que podíamos fazer era dar um jeito, na gambiarra, para conseguir chegar. Se ficássemos pelo caminho não conseguiríamos pontuar, então lutamos da forma que foi possível para chegar, mesmo que em 33º. Com isso, terminamos em 10º na geral. É muito frustrante estar em 3º e cair para 10º, mas  rally é isso também. Uma prova de superação em todo o tempo, seja contra o relógio ou adversidades’, explicou George Ximenes.

A vitória nos UTV’s ficou com a dupla de Santa Catarina, Denisio Nascimento/ Idali Bosse, atuais campeões do Sertões, eles fizeram um 1º, um 2º, um 7º e 5º lugares nas 4 etapas para sagrarem-se campeões somando 11h17min34seg. Essa alternância de resultados demonstra bem a competitividade da prova. O vice foi  Neto Valentim/Breno Rezende com 11h22min08seg.

Para Riamburgo Ximenes, que tem ao seu lado o navegador Flávio França, o RN1500 cumpriu bem sua proposta. ”Um rally precisa ser duro, seletivo no bom sentido. O cross country é uma prova raiz, onde para ser técnica precisa de trechos duros, como os de trial, variação de terrenos, navegação de alto nível, que colocam à prova não apenas pilotos e navegadores, mas veículos e estratégias. Apesar do meu resultado estar aquém da minha própria expectativa, considero está uma edição excelente e que valoriza muito o nordeste”, e complementa, “George mostrou ao que veio, cresceu na sua tocada, pontou bem e em breve vai nos dar belas vitórias. Também parabenizo todos os outros competidores do Ceará, em especial a dupla 5ª colocada, Leonardo beleza/ Aníbal Feijó, que mostram que temos como aumentar nossa representatividade nas principais provas do país”, finaliza ele.

Foto: Doni Castilho

Motos

O mineiro Tunico Maciel chegou para etapa final neste domingo com vantagem e, com mais uma vitória, a segunda nesta edição, assegurou o título. Ele fechou o rali com 11h03min28seg, enquanto o francês Adrien Metg (MT1/Yamaha WR 450F) ficou em segundo com 11h04min10, e Gregório Caselani (MT1/Honda CRF 450RX), em terceiro, com 11h16min57seg.

“Foi muito legal. Acho que o RN mostrou sua cara, pois foram quatro dias de prova com quatro especiais diferentes, mostrando bem a cara do Nordeste. Estou feliz por não ter errado nada. E também pela bela disputa com o Adrien”,  destacou o campeão, natural de Lavras (MG).

André Bezerra, único piloto cearense a competir na categoria motos, fechou a competição em 14º na geral e 2º na categoria MBR com 12h34min45seg.

Carros

Já entre os carros, Carlos Ambrósio e Cadu Sachs mantiveram o ritmo positivo da sábado e venceram a quarta etapa com o tempo de 2h46min46seg. Com isso, mantiveram fecharam o evento em primeiro lugar, com 11h15min40seg. O segundo lugar ficou com Dan Rocha Nacif/Leonardo Magalhaes , 11h33,im22seg.

Carlos Ambrósio destacou o alto nível do 22º Rally RN 1500. “Parabéns aos diretores da prova, pois deram um verdadeiro show. Lembrou etapa de prova no exterior, muito bem levantada e exigente. Achei demais e estamos satisfeitos por ter chegado até o fim, ainda mais com o título”, destacou o piloto.

Classificação Geral final (após quatro etapas)

UTVs

1) Denisio Do Nascimento/Idali Bosse (UT1/CAN-AM MAVERICK X3), 11:17:34

2) Neto Valentim/Breno Rezende (UT1/CAN-AM MAVERICK X3), 11:22:08

3) Reinaldo Varela/Gustavo Gugelmin (UOP/CAN-AM MAVERICK X3), 11:33:36

4) Roberto Keller/Marcelo Ritter (UT2/CAN-AM MAVERICK X3), 11:36:05

5) Leonardo Beleza/Aníbal Feijó (UT2/POLARIS RZR PRO XP), 11:36:50

6) Rodrigo Varela/Gunar Dums (UT1/CAN-AM MAVERICK X3), 11:39:09

7) Marcelo Tomasoni/Luís Felipe Eckel (UOV/CAN-AM MAVERICK X3), 11:39:23

8) Riamburgo Ximenes/Flávio França (UOP/ CAN-AM MAVERICK X3), 11:42:33

9) Cristiano Batista/Robledo NIcolleti (UOP/ CAN-AM MAVERICK X3), 11:43:20

10) George Ximenes/Wellington Rezende Jr (UT1/CAN-AM MAVERICK X3), 11:47:32


Motos

1) Tunico Maciel (MT1/HONDA CRF 450RX), 11:03:28

2) Adrien Metg (MT1/YAMAHA WR 450F), 11:04:10

3) Gregório Caselani (MT1/HONDA CRF 450RX), 11:16:57

4) Jean Azevedo (MT1/HONDA CRF 450RX), 11:24:40

5) Tulio Malta (MT2/YAMAHA WR 450F), 11:25:45

6) Ricardo Martins (MT1/YAMAHA YZ 450), 11:27:35

7)Wesley Antunes (MT2/GASGAS GP 450), 11:46:56

8) Bruno Leles (MT2/ROCKET LELES), 11:54:22

9) Júlio Cesar Zavatti (MBR/HONDA CRF 250), 12:08:10

10) Luciano Gomes (MT2/YAMAHA WR 450F), 12:09:11

Carros

1) Carlos Ambrósio/Cadu Sachs (OP/GIAFFONE BUGGY V8), 11:15:40

2) Dan Rocha Nacif/Leonardo Magalhaes (PRB/SHERPA), 11:33:22

3) Marco Tulio Lana/Erick Rocha (PRB/MITSUBISHI TRITON EVO), 12:00:23

4) Pietro Branchina Neto/Henry Ritter (SPD/MITSUBISHI TRITON ER), 12:01:01

5) Bartolomeu Nunes/Joel Kravtencho(SPD/MITSUBISHI TRITON SR), 12:42:57

6) Daltro Maronezi/Luciani Maronezi (SPD/MITSUBISHI TRITON ER), 12:42:57

7) Cristiano Rocha/Anderson Geraldi (SPD/MITSUBISHI L200 RS), 14:16:07

8) Marcos Moraes/Fabio Pedroso (PRT/TREX), 11:48:51

9) Jose Hélio/Weidner Moreira (OPGIAFFONE BUGGY V8), 16:10:14

10) GERSON WESSLER/JOA BICUDO (PRT/MITSUBISHI TRITON RS), 16:10:14

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte

Assuntos Relacionados