Rally dos Sertões chega ao 3º dia com mudanças na liderança no caminho até Goiás

Na quarta-feira (28), competidores rumam para Tocantins

Legenda: Na próxima fase, a organização informou que a prova terá cascalho e piçarras
Foto: Foto: Gustavo Epifânio

No 3º dia de Rally dos Sertões, os pilotos partiram de Mato Grosso para Goiás. Em Barra das Garças, antes mesmo do nascer do sol, o comboio já estava na estrada para percorrer os 764,82km. No caminho, os competidores enfrentaram depressõesde poças secas, pontes e percursos de terra. Tudo isso em meio a piçarra, areia, cascalho e muita terra, em uma prova desgastante devido a alta quilometragem.

Nos carros, a vitória foi de Lucas Moraes e Kaique Bentivoglio, mas os tricampeões Christian Baumgart e Beco Andreotti mantém-se em 1º na geral, com os pentacampeões Guilherme Spinelli e Youssef Haddad, na cola. Nas motos, a equipe Honda ficou com os três primeiros lugares, tendo Tunico Maciel, Gregório Caselani e Jean Azevedo no pódio, respectivamente. Nos quadris, Wescley Dutra ganhou uma posição na geral e assume a vice-liderança, mas segue a pelo menos 1h15min do líder, Marcelo Medeiros. 

Nos UTV’s, para cada dia de competição, um novo líder à frente do pelotão. Na etapa, Deni Nascimento e Idalli Bossi assumiram a liderança geral. Enquanto isso, Riamburgo Ximenes e Flávio França, que chegaram ao Sertões na vice-liderança do Campeonato Brasileiro, estão tentando se recuperar depois do acidente na 2ª etapa. "O rally tem variáveis constantes e isso acontecerá até cruzarmos a linha de chegada, meu objetivo continua o mesmo: vencer. Ainda que diante de uma situação desfavorável, sigo focado porque tudo é possível numa prova como essa”, declarou Riamburgo. 

A boa surpresa é George Ximenes, que mantendo-se fiel a uma estreia nos UTV's e assumiu a liderança da categoria. “Estou competindo contra os melhores pilotos do Brasil, que há anos dedicam-se a apurar e desenvolver seus veículos. Eles conhecem muito bem os limites. Já eu, cheguei aqui com apenas 400kms de experiência em um UTV novo e sobre o qual aprendo mais todos os dias. Liderar a categoria já é um resultado excelente.  Ando forte, mas consciente porque isso é só o começo”, afirma ele.

E o que vem pela frente?

Nesta quarta-feira (28), o Rally dos Sertões deixa Goiás e vai para Tocantins, com pernoite em Porto Nacional. A organização informou que a prova terá cascalho e piçarras. O percurso inclui estradas de fazendas, com trechos mais estreitos. Serão 570km totais, 275 deles de cronometro aberto.

Você tem interesse em receber mais conteúdo de esporte?

Assuntos Relacionados