No aniversário de Fortaleza, personalidades do esporte elegem seus bairros do coração

A capital cearense completa 295 anos neste dia 13 de abril

Legenda: Tita Tavares tem no surfe e no bairro Serviluz a sua história de vida
Foto: Natinho Rodrigues

Fortaleza é refúgio. A capital da Terra da Luz é, acima de tudo, morada. Da força presente no nome, se forja no povo e o abraça, do mar ao sertão. Berço que lança estrelas ao mundo, mas essas nunca largam as raízes. Assim, o esporte é um dos expoentes de memórias. O Diário do Nordeste buscou personalidades esportivas para relembrar a identificação com os bairros da cidade, que completa 295 anos neste 13 de abril.

Tita Tavares | Serviluz

Legenda: Tita Tavares mora na casa que construiu há 30 anos com os primeiros patrocínios no surfe
Foto: Natinho Rodrigues

Lenda do surf brasileiro, foi tetracampeã nacional e chegou a ocupar a 4ª posição no ranking das melhores do mundo. Também foi bicampeã do WQS (divisão que dá acesso à elite do surf mundial). Com origem humilde, mantém a praia do Titanzinho, no bairro Serviluz, como casa.

Vista da praia do Titanzinho, no bairro do Serviluz
Legenda: A praia do Titanzinho revelou inúmeros atletas para o surfe nacional
Foto: Lucas de Menezes / SVM

“Eu me identifico muito com o Titanzinho. É onde nasci e me criei, aqui nesta praia de tanto talento, de tantas conquistas, só traz memórias boas na minha vida. Comecei a surfar com cinco anos, aos 21 estava no circuito mundial. Aqui foi onde tudo começou, a minha carreira, os momentos bons e ruins. Hoje em dia, com tudo isso, permaneço no Titanzinho e sempre estou surfando com a galera”.

Jardel | Montese

Com a blusa do Ferroviário, Jardel pousa com inúmeros troféus dos tempos de jogador
Legenda: O ex-atacante Jardel foi revelado peo Ferroviário e teve destaque na Europa
Foto: divulgação

Artilheiro e ídolo de Grêmio e Porto-POR, o ex-jogador ganhou diversos prêmios individuais ao longo da carreira, como a Chuteira de Ouro da UEFA, em 1999 e 2002. Com passagem pela Seleção Brasileira e revelado pelo Ferroviário, tem na origem as partidas de futebol no bairro Montese.

Imagem de trânsito no bairro Montese
Legenda: O bairro Montese tem forte potencial econômico em Fortaleza
Foto: Kid Júnior / SVM

O bairro (da memória) é o do Montese, que é ‘grudado’ do Vila União, também muito especial. Eu jogava no campo do Metalurgica e do Mitotonio todas as tardes. É um bairro muito especial para mim, ali próximo ao aeroporto antigo. Essas raízes a gente não pode esquecer”.

Robinson de Castro | Bairro de Fátima e Porangabuçu

Robinson de Castro
Legenda: Robinson de Castro, presidente do Ceará, tem gestão financeira equilibrada no clube
Foto: Thiago Gadelha / SVM

Um dos presidentes mais vitoriosos da história do Ceará, Robinson de Castro assumiu a presidência do clube em 2015 e participou de títulos estaduais e regionais, além de acessos à 1ª divisão nacional e à Sul-Americana. O gestor cresceu no Bairro de Fátima e acumula uma longa passagem por Porangabuçu.

Fachada do Ceará com ônibus da equipe na frente
Legenda: A sede do Ceará Sporting Club é localizada no bairro de Porangabuçu
Foto: divulgação / Ceará

“Nasci e morei no Bairro de Fátima em parte da minha infância. Tenho ainda lembranças da casa, do quintal, do quarto, da TV preto e branco, da cadela de raça doberman “Bita”, da minha babá “Biluca”. Vou muito à Igreja de Fátima, pois sou devoto de Nossa Senhora de Fátima. O outro é Porangabuçu, onde passo hoje 80% do meu dia. Lá fica minha segunda casa, o Ceará, onde despejo minhas energias e, ao mesmo tempo, recarrego minha bateria".

Viviane Sucuri | Boa Vista

Legenda: Lutadora é natural de Tauá, na Região dos Inhamuns, e mudou rotina e local de treinos para se firmar nas artes marciais
Foto: JL Rosa / SVM

Com o nome gravado na história do MMA cearense, a lutadora tem no currículo vitórias contra Duda Yankovich, Poliana Botelho e Valerie Letourneau. Após passagem pelo Ultimate Fight Night (UFC), segue morando no bairro Boa Vista, onde atravessou a infância.

Vista aérea da Arena Castelão e dos arredores
Legenda: A Arena Castelão é o principal palco esportivo do futebol cearense
Foto: divulgação

“Desde pequena eu moro aqui. É um bairro tranquilo, menos quando tem jogo (de futebol). Moro bem ao lado da Arena Castelão e adoro viver aqui”.

Thiago Monteiro | Bairro de Fátima

Legenda: Thiago Monteiro é o número 1 do tênis brasileiro
Foto: Arun Sankar / AFP

Número 1 do ranking nacional de tênis, o atleta venceu inúmeros torneios na modalidade e é uma das apostas brasileiras nos eventos da ATP do circuito mundial. Com uma vida de viagens e muito treinamento, o cearense sempre retorna ao Bairro de Fátima, em Fortaleza.

Legenda: O Bairro de Fátima concentra o Terminal Rodoviário de Fortaleza - Engenheiro João Thomé
Foto: VC Repórter / Whatsapp

“O Bairro de Fátima é de onde sou, onde eu cresci, tenho todas as memórias da infância, parte da adolescência, estudei em escola próxima da minha casa. Tinha ali vista da rodoviária, do canal, e sempre me perguntavam se ele ia transbordar. Então são apenas boas recordações e a maior parte do tempo fico lá quando estou em Fortaleza. Tenho muitos familiares meus, amigos próximos”.

Marcelo Paz | Pici e Meireles

Marcelo Paz sorri para foto
Legenda: O presidente Marcelo Paz conquistou títulos importantes com o Fortaleza nas últimas temporadas
Foto: arquivo / SVM

Atual presidente do Fortaleza, esteve a frente do clube em um dos momentos mais vitoriosos do enredo centenário com conquistas estaduais, regionais, além do título da Série B e o acesso à Série A. Gestor, tem como bairros marcantes o Pici e o Meireles.

Vista aérea do bairro Meireles, em Fortaleza
Legenda: O bairro Meireles tem um dos maiores IDHs de Fortaleza
Foto: Carlos Marlon / SVM

“O Meireles é um bairro que tenho muito carinho. É onde moro, trabalhei por muito tempo e estou completamente acostumado. Gosto da praia, é uma região de muitos serviços, então tenho um carinho. E o Pici também. É um bairro que há seis anos eu frequento diariamente e, em função do Fortaleza, passa a ter uma feição. As pessoas de outros estados perguntam o que é Pici, e a gente conta a história, que era um posto de comando na 2ª Guerra Mundial. São dois bairros que tenho carinho, afeto e história para contar e lembrar”.

Hedla Lopes | Aldeota e Cidade dos Funcionários

Hedla Lopes pousa para foto com terno azul e pernas cruzadas
Legenda: Hedla Lopes é um dos maiores nomes do triathlon brasileiro
Foto: Raquel Cunha/TV Globo

Referência no triathlon cearense e nacional, a ex-atleta já participou 22 vezes do Ironman, o maior circuito de triatlo do mundo. Com 62 anos, tem na carreira dois bairros principais em Fortaleza: a Aldeota e a Cidade dos Funcionários.

Vista aberta da Praça Portugal, em Fortaleza
Legenda: A Praça Portugal, no bairro da Aldeota, tem como ponto alto a arquitetura
Foto: José Leomar / SVM

“Tenho dois bairros no meu coração. O primeiro era Aldeota, e hoje é Meireles. Eu morava na Osvaldo Cruz e tinha minhas amigas. A gente saia a pé, ia na Beira-Mar, na Volta da Jurema, não tinha nada de perigo, andava brincando, se divertia, tinha pontos de encontro até a missa na Paróquia da Paz no fim de semana, era um grupo grande de amigas. Terminei o meu colegial, entrei na faculdade e comecei a realizar os meus sonhos. Fiz minha primeira academia na Aldeota e depois fui concretizar na Cidade dos Funcionários, onde estou passando grande parte da vida realizando o meu lado profissional, de ter uma academia com atletas competindo”.

Newton Filho | Barra do Ceará

Legenda: Newton Filho é o atual presidente do Ferroviário Atlético Clube
Foto: divulgação

Presidente do Ferroviário, faz parte de um movimento de ascensão coral com reformulação estrutural, mais investimento no elenco e conquistas importantes, a exemplo da Série D de 2018. Com origem ligada aos ferroviários, tem no coração o bairro da Barra do Ceará.

Legenda: A ponte do Rio Ceará é um dos pontos turísticos de Fortaleza
Foto: Fabiane de Paula / SVM

"A Barra do Ceará, para muitos historiadores, é onde nasceu Fortaleza, lá está o Marco Zero. A região da Barra também é onde nasci e me criei. E lá é onde está situado o Ferroviário. Então é um bairro populoso, um bairro que tem seus pontos turísticos como a grande praia, a ponte do Rio Ceará, e a ligação com o bairro é muito intensa por ser o bairro onde nasci e porque é onde fica o Ferroviário".

Raffael | Bairro de Fátima

Raffael
Legenda: Aos 35 anos, o Raffael é ídolo no Borussia Mönchengladbach, onde marcou mais de 70 gols
Foto: AFP

Ídolo no futebol alemão, o cearense é um dos maiores artilheiros do Borussia Mönchengladbach-ALE. Filho do ex-lateral Caetano, que tem passagens por Ceará e Fortaleza, e irmão do ex-meia Rony, o jogador mora no exterior, mas tem um apreço pelo Bairro de Fátima.

Vista aberta da parte externa da Igreja de Fátima
Legenda: A Igreja de Fátima é um dos centros religiosos de Fortaleza
Foto: arquivo / DN

"Eu cresci no Bairro de Fátima, na comunidade Alto da Paz. Me identifico muito com essa comunidade porque, até hoje, quando estou em Fortaleza, eu procuro ir lá".

Elaine Gomes | Álvaro Weyne e Praia de Iracema

Legenda: Elaine Gomes é figura presente na Seleção Brasileira de handebol feminino
Foto: Divulgação

Uma das referências no handebol feminino, a atleta atua na Espanha e faz parte da Seleção Brasileira, participando até de um título mundial pela equipe. A identificação com a capital cearense, no entanto, atravessa o aconchego da família no Álvaro Weyne e o lazer na Praia de Iracema.

Estátua da Praia de Iracema, em Fortaeza
Legenda: A Praia de Iracema é um dos principais pontos turísticos de Fortaleza
Foto: José Leomar / SVM

Nasci no Álvaro Weyne, é a casa dos meus pais, vovó, madrinha, tios, primos, então passo muito tempo lá. É ótimo reencontrar meus amigos da infância, com quem eu jogava bila, soltava raia, brincava de pião, de travinha no meio da rua, então é sempre bom. E o meu segundo lugar preferido é a Praia de Iracema, onde pego o bronze, jogo altinha, e vou ao Mercado dos Peixes comer camarão e ver o pôr do sol.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte