Fortaleza x Colo Colo pela Libertadores: onde assistir, horário, palpites e prováveis escalações

Partida marca a estreia dos times na Copa Libertadores 2022

Torcida do Fortaleza com letreiro da Libertadores
Legenda: Torcida do Fortaleza está empolgada com estreia do time na Libertadores
Foto: Kid Junior/SVM

A primeira quinta-feira do mês amanheceu diferente para os torcedores do Fortaleza. Este 7 de abril de 2022 está longe de ser um dia qualquer. É a história sendo escrita. Às 19 horas, quando a bola rolar para a partida contra o Colo Colo-CHI, na Arena Castelão, os leoninos presenciarão um dos maiores episódios nos 103 anos do clube: a estreia na Copa Libertadores da América.

Algo que era apenas um sonho distante agora é materializado. Pela primeira vez na história o Tricolor estará disputando a principal competição do continente. E o Leão do Pici é o 4º time do Nordeste a disputar a Liberta. Por si, um feito já marcante, e que é potencializado pelo momento, que não poderia ser melhor.

inter@

A partida ocorrerá após a conquista do bicampeonato da Copa do Nordeste de forma invicta e com o time ainda sem perder nenhum jogo sequer na temporada. Elementos que criam uma atmosfera extremamente positiva e um clima de "lua de mel" entre torcida e clube.

Casa cheia

Torcedor do Fortaleza segura faixa para a Libertadores
Legenda: Torcida do Fortaleza está empolgada com a estreia na Libertadores
Foto: Kid Junior/SVM

Justamente por isso, a certeza é de estádio lotado. Até a parcial divulgada pelo clube na última quarta-feira (6), 51.609 torcedores já foram garantidos, sendo 33.940 check-ins de sócios e 17.669 ingressos vendidos.

Os leoninos totalizarão, assim, mais de 110 mil torcedores em dois jogos, já que na final do Nordestão, contra o Sport, 60.045 pessoas estiveram presentes no Gigante da Boa Vista.

Retornos importantes

Tinga comemora gol pelo Fortaleza
Legenda: Tinga retorna ao time
Foto: Fabiane de Paula / SVM

Se fora de campo o reforço está garantido, dentro das quatro linhas, o técnico Juan Pablo Vojvoda também contará com a volta de importantes jogadores.

O zagueiro Tinga, que ficou fora da finalíssima contra o Rubro-Negro pernambucano por conta de edema muscular posterior em coxa esquerda, está recuperado e vai para o jogo.

Além dele, o meia Lucas Crispim também deve reassumir a titularidade. O camisa 10 estava no banco contra o Sport, mas não entrou no jogo e, neste período, esteve aprimorando a parte física após lesão muscular para retornar agora 100%.

De resto, o goleiro Fernando Miguel é o único atleta no Departamento Médico e o treinador argentino terá o resto do elenco à disposição.

Colo Colo

Legenda: Gustavo Quinteros, técnico do Colo-Colo, concedeu entrevista coletiva nesta quarta-feira (30)
Foto: Divulgação / Colo-Colo

Adversário do Fortaleza, o Colo Colo é uma equipe que promete dificuldades. Sorteado no Grupo F como o time do Pote 2, é uma equipe muito tradicional no cenário Sul-Americano e que inclusive já venceu a Libertadores (em 1991). Além disso, é o maior vencedor do Campeonato Chileno, com 22 títulos, e da Copa Chile, com 12 conquistas.

Na temporada, disputou 11 jogos, com sete vitórias, dois empates e duas derrotas. É o líder do torneio Nacional, com cinco triunfos, dois empates e apenas um revés após oito rodadas.

O principal destaque da equipe chilena é o atacante Martín Lucero, artilheiro do time na temporada, que marcou quatro gols em sete jogos. O centroavante argentino, inclusive, chegou a negociar com o Tricolor para 2022, mas acabou acertando com El Cacique.

Em entrevista recente, o técnico Gustavo Quinteros comparou o Fortaleza ao River Plate e garantiu esperar dificuldade no Castelão.

FICHA TÉCNICA | FORTALEZA X COLO COLO

Local: Arena Castelão, em Fortaleza (CE)
Data: 07/04/2022 (quinta-feira)
Horário: 19h (de Brasília)
Árbitro: Andrés Cunha (URU)
Assistentes: Pablo Llarena (URU) e Richard Trinidad (URU)
Transmissão: Conmebol TV, Rádio Verdinha e Tempo Real no Diário do Nordeste

Prováveis escalações

Fortaleza

Max Walef; Tinga, Benevenuto e Titi; Yago Pikachu, Hércules, Zé Welison, Lucas Lima e Lucas Crispim; Moisés e Romero. Técnico: Juan Pablo Vojvoda

Colo Colo-CHI

Brayan Cortés; Óscar Opazo, Maximiliano Falcón, Emiliano Amor e Gabriel Suazo; César Fuentes, Esteban Pavez e Leonardo Gil; Pablo Solari, Martín Lucero e Gabriel Costa. Técnico: Gustavo Quinteros

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte