Fortaleza vence São Paulo com autoridade e chega às semifinais da Copa do Brasil

As equipes se enfrentaram na Arena Castelão nesta quarta-feira (15)

Angelo Henríquez comemora gol do Fortaleza
Legenda: O atacante chileno Ángelo Henríquez fez o primeiro gol pelo Fortaleza no jogo contra o São Paulo
Foto: Kid Júnior / SVM

O Fortaleza está nas semifinais da Copa do Brasil de 2021. A classificação histórica e inédita para o clube ocorreu nesta quarta-feira (15), com a vitória por 3 a 1 para o São Paulo na Arena Castelão, no duelo de volta do confronto. O volante Ronald, o atacante Ángelo Henríquez e David marcaram os gols do tricolor cearense. Gabriel Sara descontou para equipe paulista.

A equipe ficou com a vaga porque empatou na ida em 2 a 2, no Morumbi. Assim, avançava com qualquer vitória simples. Em caso de nova igualdade, os times iriam decidir a vaga nos pênaltis.

Com a classificação, o Leão embolsou a premiação de R$ 7,3 milhões da CBF. Na próxima fase, aguarda enfrenta o Atlético-MG, que eliminou o Fluminense. Desde o início na competição, o Fortaleza superou ainda Caxias-RS, Ypiranga-RS, Ceará e CRB na melhor campanha do time.

As datas dos próximos confrontos serão divulgadas. O torneio segue o mesmo molde na semifinal, com duelos de ida e volta. O finalista será a equipe com maior placar agregado ao término.

Primeiro tempo

O Fortaleza entrou em campo com surpresas nos titulares: o volante Ronald e o atacante Edinho. No esquema 3-4-3, dominou as principais ações e neutralizou o ataque do São Paulo no início do jogo.

Ronald e jogadores do Fortaleza comemoram gol
Legenda: O volante Ronald abriu o placar para o Fortaleza na Arena Castelão
Foto: Kid Júnior / SVM

Em duas investidas seguidas, o Leão desperdiçou chances claras de abrir o placar, ambas com Pikachu. Na primeira, aos 7, o meia bateu da pequena área para fora. Aos 10, acertou a bola na marcação. O volume indicou a superioridade na Arena Castelão, mas o visitante também assustou.

Aos 18, Rigoni recebeu em profundidade e bateu para defesa do goleiro Felipe Alves. O lance foi o único de perigo do tricolor paulista, que foi vazado pelo Fortaleza dois minutos depois. Ronald antecipou passe na entrada da área e chutou forte para garantir o placar parcial: 1x0.

Henriquez comemora gol em cima do São Paulo
Legenda: Pikachu e Henríquez comemoram gol do Fortaleza contra o São Paulo
Foto: Kid Júnior/ SVM

Segundo tempo

Na volta do intervalo, o técnico Vojvoda acionou o meia Matheus Vargas e o atacante David. O time manteve a estrutura, mas baixou as linhas de marcação para acionar o contra-ataque.

No jogo mais truncado, o São Paulo tentou acelerar e teve muita dificuldade para romper a defesa cearense. Aos 21, a resposta do Fortaleza foi com bola na rede de Tinga, mas o lance foi anulado por impedimento de Wellington Paulista na jogada.

Ederson, do Fortaleza, e jogador do São Paulo disputam bola
Legenda: Fortaleza e São Paulo protagonizaram uma partida de forte marcação na Arena Castelão
Foto: Kid Júnior / SVM

Em transição rápida, o Leão buscou resolver os lances com menos toques. Aos 26, o volante Éderson roubou a bola, atravessou o campo e exigiu grande defesa de Volpi. Melhor na partida, o placar foi ampliado aos 36, com Ángelo Henríquez, de cabeça. Já no acréscimo, em contra-ataque, David balançou as redes: 3x0. No último minuto, o São Paulo diminuiu com Sara aos 49.

Assim, o Fortaleza ficou com a vaga às semifinais da Copa do Brasil. A equipe encara o Atlético-MG no mata-mata.

Ficha técnica

Fortaleza 3x1 São Paulo

Competição: Copa do Brasil - ida das quartas de final
Data: 15/09/2021
Horário: 21h30
Local: Arena Castelão, em Fortaleza/CE
Gols: Ronald aos 20´/1º T (1-0), Ángelo Henríquez aos 36´/2º T (2-0), David aos 46´/2º T (3-0) e Gabriel Sara aos 49´/2º T (3-1)
Cartão amarelo: David (F)

Fortaleza: Felipe Alves; Tinga, Jussa e Titi; Lucas Crispim (Bruno Melo), Éderson, Ronald (Jackson) e Pikachu; Romarinho (David), Edinho (Matheus Vargas) e Wellington Paulista (Ángelo Henríquez). Técnico: Juan Pablo Vojvoda.

São Paulo: Volpi; Léo (Wellington), Miranda e Arboleda; Igor Vinicius (Galeano), Reinaldo, Liziero (Sara), Nestor e Benítez (Pablo); Rigoni e Eder (Luciano). Técnico: Hernán Crespo.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte