Fortaleza perde para Bragantino e deixa G-4 da Série A; saiba como foi o jogo

A partida deste sábado (13) foi válida pela 32ª rodada do Brasileirão

Atletas de Fortaleza e Bragantino disputam a bola
Legenda: O Fortaleza foi superado pelo Bragantino fora de casa pelo Brasileirão
Foto: Leonardo Moreira / FEC

O Fortaleza perdeu para o Bragantino por 3 a 0, neste sábado (13), e deixou o G-4 da Série A do Brasileiro de 2021. No estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança-SP, o Leão não resistiu à pressão dos donos da casa e foi vazado com gols de Artur, Helinho e Ytalo. O Leão acumula agora quatro jogos sem vitória no Brasileirão: soma também derrotas para América-MG e Corinhians, além de empate com São Paulo.

Na tabela, o time segue com 49 pontos, sendo superado justamente pelo Massa Bruta, que alcança 52 e a 4ª posição. O duelo seguinte é o Clássico-Rei, na quarta-feira (17), às 19h, na Arena Castelão.

Primeiro tempo

O Fortaleza iniciou a partida no esquema 3-5-2, com o retorno de Pikachu, mas teve muita dificuldade para acertar o posicionamento defensivo no início e levou dois gols em duas chegadas do Bragantino, com Helinho, aos 3, e Ytalo, aos 14, em investidas similares na grande área.

Nos dois casos, os atacantes do Massa Bruta exploram as costas da marcação e empurraram para a rede com apenas um toque na bola. Com o placar desfavorável, o Leão demorou para se organizar em campo e apresentou muita dificuldade de superar as linhas altas dos donos da casa.

Após os 30, o time de Vojvoda conseguiu ter mais a posse e pressionou, sem exigir nenhuma defesa de Cleiton. O melhor momento foi aos 35, com Ángelo Henríquez cabeceando por cima da meta.

Segundo tempo

Na volta do intervalo, o Fortaleza iniciou pressionando e tentou diminuir a vantagem do Bragantino. Logo aos 2, Pikachu finalizou à queima-roupa e parou em Cleiton.

O lance foi o único de grande perigo do time cearense. Apesar do volume, não tinha qualidade no último terço para furar o bloqueio do Massa Bruta. Melhor na partida, a equipe sofreu um novo golpe: pênalti polêmico de Titi em Helinho. Sem revisão do VAR, Artur foi para a cobrança e ampliou: 3x0.

Assim, Vojvoda promoveu três mudanças e colocou Jussa, Ronald e Igor Torres em campo. As alterações tiveram pouco efeito, com o Bragantino explorando o contra-ataque. No fim, o clube paulista administrou o resultado e recuperou a posição no G-4 da Série A.

Ficha técnica

Competição: Série A do Campeonato Brasileiro - 32ª rodada
Data: 13 de novembro de 2021
Local: Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP)
Árbitro: Rafael Traci (SC)
Assistentes: Alex dos Santos (SC) e Johnny Barros de Oliveira (SC)
Cartões amarelos: Jadsom (B), Praxedes (B), Bruno Melo (F), Matheus Jussa (F), Lucas Lima (F) e Depietri (F)
Cartão vermelho: Nahuel Martínez (auxiliar técnico do Fortaleza)

Escalações

Bragantino

Cleiton; Aderlan, Fabrício Bruno, Léo Ortiz e Edimar; Jadsom, Eric Ramires (Luciano) e Praxedes (Pedrinho); Artur, Helinho (Weverson) e Ytalo (Alerrandro). Técnico: Maurício Barbieri

Fortaleza

Boeck; Tinga, Benevenuto e Titi; Yago Pikachu, Ederson (Ronald), Felipe (Matheus Jussa), Lucas Lima (Matheus Vargas) e Bruno Melo; Depietri (Edinho) e Ángelo Henríquez (Igor Torres). Técnico: Juan Pablo Vojvoda

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte