Fortaleza acerta retorno do analista de desempenho Leandro Costa, campeão brasileiro pelo Flamengo

Analista estava no Fortaleza há anos e foi ao Flamengo a pedido de Rogério Ceni. Agora, está de volta ao Pici

Leandro Costa com taça de campeão
Legenda: Leandro foi campeão da Supercopa do Brasil com o Flamengo
Foto: Flamengo/Divulgação

O Fortaleza segue se reforçando dentro e fora de campo para o restante da temporada. De olho no fortalecimento do Centro de Inteligência do Fortaleza Esporte Clube (CIFEC), setor de análise de desempenho do clube, o Tricolor acertou o retorno do analista Leandro Costa, que estava no Flamengo.

Ele já iniciou os trabalhos e chega para reforçar o setor que contava anteriormente com três profissionais: os analistas Henrique Bittencourt, Edinardo Abreu e Rafael Silva.

Não é raro ver o técnico argentino Juan Pablo Vojvoda tecendo elogios aos profissionais do setor que, internamente, é visto como estratégico e crucial para o desenvolvimento e crescimento não apenas do Departamento de Futebol, mas do clube como um todo.

Afinal, o setor de análise de desempenho é responsável por avaliar o próprio time do Fortaleza, de forma qualitativa e quantitativa, com relatórios de todos os tipos de treinamentos e partidas.

Além disso, monitora atletas do clube, possíveis contratações e observa os adversários. Modelo de jogo, como atacam, como defendem, separando vídeos e mostrando pontos fortes e fracos, com todo tipo de informação.

Em 2019, o departamento de análise de desempenho do Fortaleza concorreu ao prêmio CONAFUT 2020, ficando atrás apenas de Flamengo e Athletico-PR.

Quem é Leandro

Legenda: Leandro Costa era um dos líderes do CIFEC, no Fortaleza, antes de ir para o Flamengo, a pedido de Rogério Ceni
Foto: Arquivo Pessoal

Leandro Costa era o líder da equipe, que na época trabalhava diretamente com o técnico Rogério Ceni, e foi convidado pelo treinador a ir para o Flamengo, quando Ceni aceitou proposta do clube carioca, em novembro de 2020. Lá, ele foi campeão do Brasileirão 2020, da Supercopa do Brasil e do Campeonato Carioca em 2021.

Com a saída de Rogério do comando do Rubro-Negro, a comissão-técnica permanente do treinador também acabou deixando o clube, assim como Leandro, que acertou então o retorno ao Pici.

No Fortaleza desde 2016, Leandro conquistou o acesso e vice-campeonato da Série C, em 2017, o título da Série B do Brasileiro (e o acesso à Série A), em 2018, três títulos do Cearense (2016, 2019 e 2020) e o título da Copa do Nordeste (2019).

Profissional bastante qualificado, Leandro é conhecido nos bastidores do Pici pela competência e chega, sem dúvidas, com aprovação completa e a certeza de que irá contribuir ainda mais para o trabalho que já é muito bem feito atualmente.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte