Floresta faz história, elimina Novorizontino em São Paulo e chega à final da Série D

Verdão da Vila Manoel Sátiro superou a equipe de melhor campanha até o momento na competição

Flávio Torres fez o primeiro da vitória do Floresta
Legenda: Flávio Torres fez o primeiro da vitória do Floresta
Foto: Ronaldo Oliveira/ Floresta

Após ter conseguido o acesso para a Série C do Brasileiro, o Floresta segue fazendo história. O time cearense, da Vila Manoel Sátiro, em Fortaleza, eliminou o favorito Novorizontino, em São Paulo, e chegou à final da competição nacional.

A equipe paulista era a de melhor campanha até então na Série D, mas perdeu por 2 a 0 para o Verdão cearense. Flávio Torres foi o autor do gol que abriu o placar e Núbio Flávio fez o segundo, levando o Floresta para a final da Série D. O Verdão tem chance de igualar as conquistas do Guarany de Sobral e Ferroviário, que já foram campeões nacionais da competição.

Time espera agora a definição do adversário. Mirassol-SP e Altos-PI duelam pela segunda vaga na final neste domingo, às 15h45. A equipe paulista venceu o primeiro jogo por 4 a 0.

O jogo

Após ter empatado em casa por 1 a 1, o Floresta fez jogo inteligente, transferindo a responsabilidade para o adversário. Com boa marcação, o time cearense conseguiu neutralizar o rival. 

Aos poucos, foi criando oportunidades, principalmente explorando contra-ataques. No segundo tempo, pregou a peça. Começou com uma pressão e rapidamente chegou ao seu gol. Aos 3 minutos, após sobra de escanteio, o artilheiro Flávio Torres desviou na pequena área e mandou para as redes.

Após o gol, naturalmente o Novorizontino se lançou ao ataque, mas sem sucesso. Com boa atuação defensiva, o Floresta conseguiu segurar o placar e ainda ampliar. Núbio Flávio dominou na cara do gol e bateu na saída do goleiro para dar números finais ao placar.

Ficha técnica

Campeonato Brasileiro Série D
Semifinal,  Estádio Jorjão, em Novo Horizonte (SP)

Novorizontino 0: Giovanni, Felipe Rodrigues (Willean Lepo), Edson Silva, Bruno Aguiar, Adilson Goiano (Diogo Sodré), Reverson, Cléo Silva (Matheus Rodrigues), Léo Baiano (Caio Monteiro), Guilherme Queiroz, Pereira (Deivid), Danielzinho Técnico: Roberto Fonseca

Floresta 2: Douglas Dias, Lito, William Goiano, Alisson, Fábio lves, Jô, Marconi, Thalison, (Ronaldo), Flávio Torres (Lula), Núbio Flávio e Deysinho (Luís Soares) Técnico: Leston Júnior

>Veja notícias de Ceará e Fortaleza, que têm desafios importantes na Série A

 

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte