Fifa abre processo, e CBF tem seis dias para se defender de suspensão de jogo

A estratégia da CBF será juntar o máximo de documentos para apontar que não foi responsável pela interrupção do jogo, entre eles os e-mails por meio dos quais diz ter informado os adversários sobre as exigências sanitárias do governo

Legenda: A CBF precisará se defender perante à Fifa sobre suspensão de jogo do Brasil contra a Argentina em São Paulo
Foto: Lucas Figueiredo / CBF
Quero receber conteúdos exclusivos de esporte