Especial Cearense: Horizonte tenta ressurgir no cenário local com jovens talentos

Galo do Tabuleiro tem elenco recheado de jovens atletas, alguns vindos do Ceará, mas também conta com a experiência de velhos nomes, como o atacante Maciel. Time tenta vaga na Série D

Legenda: Atacante Maciel é a esperança de gols do Horizonte para o Campeonato Cearense 2019
Foto: Foto: Thiago Gadelha

Escrita com roteiro de coadjuvante, a história do Horizonte Futebol Clube é marcada por lampejos de sucesso. Exibições contra Palmeiras, Fluminense e um empate no Maracanã diante do Flamengo fizeram do 'Galo do Tabuleiro' um capítulo à parte em qualquer torneio.

O próximo desafio então acontece no Campeonato Cearense 2019. A equipe enfrenta o Guarany de Sobral, sábado (5), às 16h, no Estádio Domingão. Com elenco reformulado e planejamento iniciado no fim de dezembro, o primeiro objetivo é evitar o rebaixamento. Para compor o elenco, a diretoria apostou na mescla de nomes experientes com atletas mais jovens. O Galo trouxe o goleiro Diego Almeida e o volante Matheus Lira, ambos da base do Ceará, além do zagueiro Marciano, de 29 anos, que estava no Pacajus.

Veja o que já saiu da série do Campeonato Cearense:

>Ferroviário tem base da Série D como trunfo para título cearense
>Ex-Uniclinic, Atlético Cearense estreia no Campeonato Cearense apostando na juventude
>Bem em 2018, Floresta encorpa elenco para repetir desempenho
>Para surpreender, Guarani aposta em jogadores da Região do Cariri
>Campeão da Série B do Estadual, Barbalha chega querendo mais
>Iguatu mantém base da Fares Lopes para chegar a torneio nacional
>Renovado, Guarany inicia Estadual querendo Copa do Brasil
>Horizonte tenta ressurgir no cenário local com jovens talentos

O comando técnico fica por conta do catarinense Gilmar Silva. Com boas campanhas à frente de Ferroviário, Uniclinic, Floresta e União/CE, o treinador espera resgatar o espírito vitorioso do time, que sequer avançou na 1ª fase do último Estadual.

"O Horizonte sempre foi forte no Estado. Foi vice-campeão cearense, já chegou nas finais, disputou Copa do Brasil, passou de fase, e esperamos voltar de novo com esse Horizonte, quem sabe conseguir uma vaga na Série D. Penso que podemos ter isso", declarou. Confiança à beira do gramado e também dentro de campo.

Remanescente da equipe na temporada passada, o lateral Robert avalia os concorrentes com vantagem, mas não descarta uma boa campanha do Galo no início do certame. "A gente tem que encarar o Estadual com responsabilidade. Se fala muito das outras equipes, diferente da nossa, que teve o grupo formado agora. Acredito que temos muita condição de fazer um grande campeonato e alcançar uma boa colocação", afirmou.

O palco do Horizonte na temporada de 2019 será o Estádio Domingão. Localizado no Centro da cidade, o equipamento vai receber partidas do Estadual e Fares Lopes e tem capacidade para 10.400 pessoas.

Alçapão

Natural do Maranhão e formado como profissional no clube, o meia Doda relembrou que o campo funcionava como um caldeirão para os adversários, só que o apoio da torcida tem diminuído nos últimos anos. O jogador acredita que a solução é apenas uma: vitória. "Não tem outro forma. Fazendo uma boa 1ª fase, chamamos o torcedor para o nosso lado. Esperamos começar a competição com o pé direito e conseguir os pontos necessários. Espero que vença o melhor e seja um campeonato bom para todos", finalizou. (Colaborou com a matéria Alexandre Mota).

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte