Em reencontro com Rogério Ceni, Fortaleza fica no empate sem gols com o Flamengo

A partida foi a última das duas equipes em 2020

jogo fortaleza flamengo
Legenda: Fortaleza e Flamengo não saíram do 0 a 0
Foto: Natinho Rodrigues / SVM

O reencontro entre Fortaleza e Rogério Ceni terminou sem vitória de nenhum dos lados. O Tricolor empatou em 0 a 0 com o Flamengo, na noite deste sábado (26), naquela que foi a primeira partida em que o Leão do Pici enfrentou o ex-treinador.

O resultado acabou não sendo ruim para o Fortaleza, tendo em vista que o Flamengo teve as melhores chances de gol e chegou até a desperdiçar um pênalti.

Entretanto, pela situação de tabela e por já vir de duas derrotas consecutivas, a vitória era muito importante. Agora, são cinco jogos seguidos sem vitórias no Campeonato Brasileiro, e com 31 pontos, corre riscos de perder posições ainda nesta rodada.

O Fortaleza só volta a campo no dia 6 de janeiro, para enfrentar o Sport, em confronto direto na luta pela permanência na Série A do Campeonato Brasileiro. A partida será na Ilha do Retiro, às 20h30min.

O JOGO

Apesar da expectativa de um jogo intenso e com velocidade, o que se viu no primeiro tempo foi uma partida num ritmo baixo. O Flamengo teve mais posse de bola (68% x 32%), mas com dificuldades em converter este volume em chances reais de gol.

A única boa chance veio em lance individual de Pedro, que fez linda jogada em cima de Jackson e marcaria um golaço se não tivesse sido derrubado pelo zagueiro leonino. Porém, na cobrança, se atrapalhou todo, escorregou e cometeu dois toques, com o lance sendo anulado.

O Fortaleza foi bem dentro da proposta de solidez defensiva, com uma marcação bem encaixada e sem permitir muitas ações ofensivas do adversário. Porém, o Leão do Pici apresentou grande dificuldade para conseguir atacar.

O panorama mudou um pouco na etapa final. O jogo ficou mais aberto e as duas equipes buscaram mais o gol. O Rubro-Negro quase marcou em dois lances seguidos, quando Felipe Alves fez defesa espetacular em finalização de Pedro e, na sequência, Gabriel Dias evitou o gol de Bruno Henrique.

O time da casa também passou a ser mais incisivo e buscar mais o ataque. As entradas de Osvaldo e Wellington Paulista deixaram o Tricolor mais ofensivo, levando mais perigo ao gol de Hugo, mas não o suficiente para balançar as redes.

No fim das contas, um empate amargo para as duas equipes e que frustrou quem esperava uma partida franca, aberta e com gols.

ROGÉRIO CENI

O treinador foi um dos grandes personagens do duelo. Pela primeira vez, Ceni esteve no Castelão como técnico do adversário do Tricolor do Pici. Antes da bola rolar, Rogério cumprimentou funcionários e jogadores leoninos na beira do gramado.

"Eu fico muito feliz em rever meus jogadores. Eu considero como meus jogadores. Caras que são especiais, me ajudaram a vencer na vida. E eu tenho o maior reconhecimento e gratidão por eles", declarou.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte