Baixinho de visão: conheça Franco Fragapane e como o reforço pode ajudar o ataque do Fortaleza

Argentino de 27 anos vem de boa temporada do Talleres e é ótima opção para o setor ofensivo de Rogério Ceni

Legenda: Fragapane tem 1,67m de altura e boa visão de jogo
Foto: Twitter/CA Talleres

O Fortaleza foi buscar reforço para seu ataque no país vizinho: da Argentina, chega Franco Fragapane, de 27 e 1,67m de altura, titular no Talleres. O técnico tricolor Rogério Ceni cobrava a chegada de novas peças para o começo do Brasileirão e tem no hermano uma boa peça para o Leão. 

O jogador chega por empréstimo até dezembro, com valor de compra fixado ao fim do contrato, que pode ser estendido por 2 meses pelo Fortaleza visto que o Campeonato Brasileiro só termina em fevereiro.

No Talleres, 12º colocado da elite argentina desta temporada, Fragapane tem 3 gols e 3 assistências em 23 jogos, todos como titular. Apesar de baixo, o atleta compensa pela técnica e, acima de tudo, inteligência posicional.

Função dentro de campo

O atacante tinha a liberdade de flutuar pela faixa central do campo quando sua equipe tinha a posse de bola. O lado esquerdo é seu predominante dentro das quatro linhas, mas também pode cair pela direita. 

Abaixo, o mapa de calor do argentino na temporada 2019/20 pelo Talleres. 

Legenda: Fragapane explora mais os flancos, principalmente o esquerdo, muitas vezes vindo buscar o jogo
Foto: SofaScore

Destro, Fragapane explora muito as costas dos volantes adversários quando corta para o meio, buscando atrair a marcação e abrir espaços nos flancos para os extremos de seu time infiltrarem.

O reforço de Ceni também é habilidoso no 1 contra 1, tendo 62% de sucesso em dribles, com média de 1,8 por partida. Os dados são da plataforma SofaScore.

Apesar de voltar para ajudar na criação, o argentino não contribui tanto na fase defensiva.

Onde se encaixa no Leão?

Fragapane era o jogador de lado e criativo que Ceni pedia. No Fortaleza, disputa posição com David, Vázquez, Osvaldo, Marlon, Orobó, Madson e Yuri César. 

Porém, o argentino não possui tanta potência de arranque quanto Osvaldo, David e Yuri, por exemplo. Ele se assemelha mais com o compatriota Vázquez nesse quesito, rondando entre o extremo esquerdo e a faixa central, distribuindo a posse e chegando para finalizar, atributo este que também não é seu forte sob marcação. 

Importante destacar que o atleta chega sem ritmo de jogo, há quase 5 meses sem jogar uma partida oficial na Argentina. Além da adaptação à cidade, clube e estilo do treinador, Fragapane deve demorar mais para atingir um bom nível físico.

Agora, não chega como titular ou solução dos maiores problemas do Tricolor no terço final. Porém, em plena forma, é uma ótima alternativa como reserva para ditar o ritmo do ataque do Fortaleza. 

Você tem interesse em receber mais conteúdo de esporte?