Advogada registra marca Fadinha no skate e garante que repassará gratuitamente para Rayssa Leal

Especialista em propriedade intelectual, advogada se comprometeu em ceder registro à skatista

rayssa
Legenda: Rayssa ganhou o apelido de Fadinha do skate quando iniciou no esporte
Foto: Lionel Bonaventure/AFP

Prata no skate street feminino nas Olimpíadas de Tóquio, Rayssa Leal conquistou o Brasil e chamou a atenção da advogada Flavia Penido, especialista em direito digital e propriedade intelectual, que resolveu registrar a marca Fadinha - apelido de Rayssa - no Inpi (Instituto Nacional de Propriedade Industrial). Segundo a advogada, não há interesses econômicos na ação.

"Para evitar maledicências, assinei digitalmente (e farei a declaração posteriormente em cartório) informando que cederei, gratuitamente, eventuais direitos que possa vir a ter, para Rayssa Leal (representada por seus pais) ou quem me for indicado", explicou no Twitter.

Sem relação com Rayssa Leal

Flavia Penido não tem relação com a equipe jurídica ou com a família de Rayssa Leal. Resolveu realizar o registro, afirma ela, para evitar "possíveis espertos ou pessoas inescrupulosas que quisessem se aproveitar do sucesso dela agora".

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte