Câmeras de segurança registram advogado suspeito de feminicídio carregando corpo de namorada

Jamile Correia, 46, foi deixada por Aldemir Pessoa Júnior no IJF, inconsciente e com um tiro no peito, sob alegação de que ela tinha tentado se matar.