País mantém desde 2011 diferença de aprendizagem entre ricos e pobres

A disparidade de aprendizagem entre estudantes chega a ser quase cinco vezes maior entre aqueles com maior nível socioeconômico e os com menor nível