Quais as vantagens de um restaurante 100% virtual? Veja dicas sobre o modelo de negócio

Com os aplicativos de delivery em alta, modelo que abandona a necessidade de ponto físico pode ser saída aos empreendedores

Legenda: Facilidade para entrar em aplicativos, barateamento de custos com espaço físico e possibilidade de alcançar novos públicos estão entre as vantagens
Foto: JL Rosa

O isolamento social e a impossibilidade da abertura de estabelecimentos como bares e restaurantes escancarou uma realidade em todo o país: a força do sistema de delivery. Com o cenário, novos empreendimentos têm focado nessa forma de comercialização e apostado cada vez mais no meio. No entanto, os negócios completamente virtuais já são uma tendência há alguns anos, o que tem feito o mercado mudar. Afinal de contas, como gerir nesse modelo?

Para o gestor de restaurantes Gustavo Linhares, a possibilidade de criar empreendimentos voltados para essa atuação já vinha em crescimento, mas o que se tem visto é um crescimento da tendência, com mais de 5 mil opções de delivery só em Fortaleza.

"A pandemia contribuiu com isso em um nível absurdo. Estima-se que houve aceleração de três a cinco anos de avanço na cultura de consumo do delivery. Então, as casas que não trabalhavam com essa modalidade foram obrigadas a se adaptar", revela ele, que também precisou adaptar o pub do qual é sócio-proprietário para o atual momento.

Vantagens

Observando o surgimento de casos desse tipo, analisar como colocar para frente esse modelo de negócio "virtual" pode ser uma saída, como explica Linhares. Sendo assim, é necessário analisar as principais vantagens de optar por ele.

Segundo o gestor, a facilidade para entrar no catálogo de aplicativos de grande adesão é um ponto positivo. "Existe uma barreira de entrada muito baixa. Hoje para se cadastrar em um aplicativo você só precisa ter um CNPJ aberto, o que se consegue abrir como um MEI, por exemplo. Você consegue soltar os pedidos da sua casa mesmo, não precisa de uma estrutura física ou equipada que um restaurante tradicional requer. Por conta dessa barreira de entrada baixa, e com pouca burocracia para começar a trabalhar, a adesão a esse tipo de negócio está cada vez mais alta", pontua.

Barateamento de custos

Ainda assim, a facilidade não fica apenas nesse quesito. Entre os que investem na atuação 100% por meio online, o alcance a diferentes públicos pode também ser facilitado. O custo mais baixo para tal feito, Gustavo opina, pode ser outro benefício para quem está começando a empreender.

"A possibilidade de entrar em contato com uma grande parte da população por um custo muito baixo é grande. Hoje com uma rede social e estando nas plataformas de delivery se consegue criar uma base de clientes", inicia.

Para ele, junto da facilidade de dar início às operações, chegar no público também é essencial. "Representa outra grande vantagem, a da facilidade de chegar nessa grande fatia clientes, o que é uma barreira do espaço físico, essa necessidade do deslocamento da pessoa até o restaurante, bar, etc. 

Além disso, essa vantagem chega junto de outra, a do barateamento de custos. "Dessa forma não existe a necessidade da boa localização, do investimento em infraestrutura, do pagamento de aluguel", reitera Linhares. 

Dificuldades

Porém, nem só de facilidades pode ser a opção de sair do meio físico. Em meio a tanta procura e tanta oferta de estabelecimentos, o gestor de restaurantes ressalta que o mais importante é a diferenciação diante da competitividade.

"É necessário construir a cartela de clientes do estabelecimento sem depender completamente dos aplicativos, já que hoje eles concentram grande parte dos consumidores de delivery e restaurantes virtuais. Sempre importante lembrar da importância de se destacar".

Nessas horas, ele pontua, uma formação sobre as novidades do mercado pode ser o fator chave. De acordo com Linhares, o investimento nos conhecimentos de Marketing Digital são essenciais. "A área abrange essas questões de como se comunicar com seus clientes por meio da internet. Já que se perde o contato físico, o atendimento humanizado do ponto físico, é importante dominar as técnicas voltadas para isso para fazer a conexão, para ser persuasivo e conseguir fidelizar por meio da comunicação", finaliza.

OUÇA O PODCAST

Quero receber conteúdos exclusivos do Vem Empreender