Mulher senta em colo de desembargador do Distrito Federal durante sessão remota; veja vídeo

O momento íntimo envolvendo o magistrado repercutiu nas redes sociais

Um desembargador do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT) foi flagrado, na quarta-feira (1º), em um momento íntimo com a esposa durante uma sessão remota da 2ª Turma Cível da Corte. Um vídeo, que circula nas redes sociais, mostra o momento em que a mulher senta no colo de João Egmont Leôncio Lopes, já no fim da audiência. 

Após cerca de quatro horas de sessão, transmitida ao vivo pelo YouTube do TJDFT, a mulher se aproxima do magistrado, enquanto come algo, e senta no colo dele. Poucos segundos depois, ela se levanta. Em seguida, o desembargador parece mexer no computador e a câmera com a imagem dele é desconectada. 

O caso aconteceu enquanto a relatora Sandra Reves comentava o voto dela. Outro desembargador, presente na sessão, chegou a perceber a cena, mas conteve um sorriso.

Internautas chegaram a supor que a mulher seria uma assessora de Egmont. No entanto, após a repercussão, o Tribunal esclareceu que se tratava da esposa do magistrado e que ela não compõe o quadro de servidores.  

"O TJDFT esclarece que, em contato com o desembargador João Egmont, restou apurado que a pessoa que aparece na tela durante a sessão da 2ª Turma Cível, nesta quarta-feira, 1º/12, na residência do magistrado, trata-se da sua esposa. Esclarece, ainda, que ela não é servidora do TJDFT e que o fato não gerou qualquer prejuízo aos trabalhos da sessão", declarou em nota.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o Brasil

Assuntos Relacionados